O Último Tango em Santiago

Coco Basile não é mais o treinador da seleção argentina de futebol.

Adiós... o Hasta Luego!

Adiós... o Hasta Luego!

Alfio vinha sendo muito questionado tanto pela imprensa quanto pela torcida argentina.

Lá, como aqui, o povo não está satisfeito com a seleção. Os resultados e, principalmente, o futebol são pífios para um time com tanta qualidade. 

A sequência de derrotas para o Brasil e o irrestrito apoio ao meia Juan Román Riquelme também influenciaram o estremecimento das relações entre Basile, imprensa local e torcida.

Coco não suportou a pressão depois da derrota para o Chile em Santiago, pela última rodada das eliminatórias sul-americanas. E pediu demissão.

No cargo desde setembro de 2006, foram 28 jogos, com 14 vitórias, 8 empates e 6 derrotas nessa segunda passagem pela alvi-celeste.

O favorito para aassumir a posição é Sergio Batista, treinador da seleção olímpica campeã em Pequim.

Basile é um treinador folclórico, meio Papai Joel. Uma de suas frases mais célebres, é

Futebol não tem segredo. É só deixar os meninos jogar!

Anúncios

Uma resposta

  1. Dunga, pq vc nao faz igual ao Coco? PEDE PRA SAIRRRR! Ninguém te aguenta mais, vai caçar sua branca de neve!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: