Abram se as torneiras…

Nesta segunda, 19 de julho, o presidente Lula anunciou investimentos na ordem de 23,5 bilhões de reais para as obras necessárias para a realização da Copa do Mundo de 2014 e assinou a medida provisória que aumenta o limite de endividamento das cidades que sediarão jogos do mundial.

Sobre os investimentos, a maior parte será destinada à questão da mobilidade urbana, metrôs, linhas de ônibus, anéis rodoviários, viadutos e afins. 11,5 bilhões de reais serão alocados nesta questão que engessa as metrópoles brasileiras.

5,5 bilhões de reais serão destinados à melhoria dos aeroportos e outros 740 milhões de reais serão investidos na revitalização de 7 portos.

1 bilhão de reais será investido na ampliação e incremento da rede hoteleira. O BNDES também criará uma linha especial de crédito para a construção e reforma de estádios estimada em 4,8 bilhões de reais.

Sobre a MP, ela passa por cima de um acordo firmado em 2001 entre União e Municípios que fixava o limite de endividamento das cidades em 100% de suas receitas líquidas anuais. Com a assinatura da medida provisória, os municípios podem agora contrair dívidas no valor de 120% da receita.

Lula disse que não quer que a história do Pan de 2007 se repita. Pelas primeiras páginas do conto, dá pra imaginar que o final não será o mesmo?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: