Quem é que ganha? Os dissidentes têm que explicar

Sair do Clube dos 13 é legítimo. É uma entidade de classe e caso um clube não se sinta devidamente representado e defendido, melhor sair mesmo.

Mas como disse o presidente do Galo, Alexandre Kalil, o estranho é querer sair quando o dinheiros está sendo posto à mesa.

Que Flamengo e Corinthians queiram negociar seus direitos separadamente, tudo bem. Os dois times são verdadeiras nações e comercialmente é aceitável que estajam um patamar acima, embora a hora escolhida pra saída seja a pior possível. E eu duvido muito que consigam chegar a valores superiores ao que receberiam junto ao Clube dos 13.

Hoje, tanto Flamengo e Corinthians recebem cerca de 42 milhões de reais pelo total de suas transmissões, contando aí todas as plataformas. Vamos fazer algumas contas rápidas. Os dois juntos são responsáveis por um sexto do total do bolo do Clube dos 13. A licitação pra TV aberta prevê um lance mínimo de 500 milhões de reais e partindo deste número, tanto Corinthians como Flamengo receberiam cerca de 41,6 milhões de reais, só pela TV aberta. Se pensarmos que a proposta vencedora ficará em torno dos 700 milhões, a arrecadação dos dois clubes de maior torcida no Brasil subiria pra 58,33 milhões de reais para cada um deles.

Nos bastidores, o rumor é que, pra que não houvesse chance de derrota, antes da saída da Globo da disputa a Rede Record ofereceria 1 bilhão de reais pela transmissão do Brasileirão na TV aberta, o que levaria cerca de 83,3 milhões de reais para os cofres corinthianos e flamenguistas. E cá pra nós, separadamente é quase impossível chegar a estes valores contando apenas a TV aberta.

Mas como disse anteriormente, pra Corinthians e Flamengo a idéia da independência ainda é aceitável.

Mas o Botafogo? O Coritiba? O Goiás? Aí estão de brincadeira.

Uma coisa é certa, o racha entre os times e o Clube dos 13 tem um único efeito prático e visível, a desvalorização do produto, o nosso surrado futebol nacional.

E como se explica que Cartolas desvalorizem seu próprio produto, justo na hora em que ele receberia um polpudo incremento em seu valor? Alguém tem que estar ganhando por isso e não é o futebol brasileiro.

E fica difícil não pensar que estes ganhos estão vindo por baixo dos panos.

Favores aos clubes, empréstimos, estádios na Copa 2014 ou até mesmo dinheiro vivo na mão da cartolagem? Eu não sei especificar quais os ganhos dos dissidentes, mas o que sei é que eles têm que se explicar.

E aí, quem é que ganha? E como ganha? O torcedor brasileiro espera respostas.

Imagem: Zóio Torto
Anúncios

O estupro do CADE e os donos do país

Desde criança ouço dizer que a Globo é a dona do Brasil. Manda prender, soltar, legisla e revoga leis, tudo a seu bel prazer.

Muito de verdade, um pouco de exagero, não é essa a questão que discutiremos aqui.

No ano passado o CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) abriu os olhos para um dos monopólios mais antigos e sólidos do país, o das transmissões do Campeonato Brasileiro de Futebol.

E não se engane com as transmissões da Band, o que temos aqui é sim um monopólio. Há 24 anos o direito de transmissão do Brasileirão pertence à Rede Globo e a Band só passa alguns jogos porque não incomoda, uma espécie de esmola da emissora do Jardim Botânico e também uma forma de dizer, aqui não tem monopólio. Mas legalmente os direitos pertencem à Globo e o que acontece no caso da Band é uma cessão, nada mais que isto.

Então o CADE disse não e determinou que se abrisse a concorrência para a transmissão do Campeonato Brasileiro de Futebol.

Todo mundo sorriu – um pouco constrangido, é verdade – mas a decisão da autarquia federal foi respeitada e, através do Clube dos 13, foi criada uma licitação com cinco módulos diferentes, TV aberta, fechada, internacional (que é onde se pode ganhar muita grana), internet e celular.

Na questão da TV aberta, a Globo teria uma pequena vantagem em relação aos concorrentes que teriam que pagar 10% a mais que a emissora do Jardim Botânico para ficar com o Brasileirão, um brinde pra quem foi parceira nestes últimos 24 anos. E até aí tudo bem.

Só que aos poucos a turma do Plim Plim viu que os 10% de lambuja de nada adiantariam porque, pelas conversas de bastidores, a proposta da Record chegaria a impressionantes 1 bilhão de reais, valor o que impossibilitaria a concorrência global e que levaria o futebol brasileiro a outro patamar. Pra se ter uma idéia, a principal plataforma de transmissão do Campeonato Italiano paga aos clubes do Calcio o equivalente a 600 milhões de reais, 40% menos do que o Brasileirão arrecadaria só com a TV aberta.

Então o que fizeram os donos do país? Tentaram melar a licitação. Primeiro cooptaram alguns clubes, encabeçados pelos 4 do Rio, a fim de que estes rachassem com o Clube dos 13, que é quem comanda as negociações nos moldes do CADE. Os clubes se amotinaram e disseram que deixariam o Clube dos 13. Mas depois, alguns empecilhos legais fizeram com que voltassem atrás e declarassem que permaneceriam junto à entidade, embora mantivessem a negociação com as TV’s de forma independente.

Ontem veio mais uma cartada da Globo, que comunicou oficialmente que não entrará na disputa da licitação e que vai negociar separadamente com os clubes. Um verdadeiro estupro do CADE.

A guerra ainda não acabou. Na próxima terça o presidente do Clube dos 13, Fábio Koff, e seu diretor administrativo, Ataíde Gil Guerreiro, terão uma audiência no CADE. Eles serão recebidos pelo presidente da autarquia, Fernando Furlan, e pelo procurador geral do Conselho, Gilvandro Vasconcelos Coelho de Araújo.

O CADE tem que se impor e mostrar sua força como uma autarquia federal legítima e atuante, punindo aqueles que querem passar por cima de sua decisão e mostrando aos poderosos que o país não tem dono, mas leis, e que estas devem ser respeitadas.

Aguardemos o próximo capítulo.

Imagem: TV e Diversão

Escreva o Futuro

No próximo sábado, 22 de maio, dia da final da Uefa Champions League, a Nike lançará o filme Escreva o Futuro.

A idéia da peça cinematográfica de 3 minutos é mostrar como um simples instante pode mudar a vida de um jogador, levando-o à glória ou à desgraça, como uma jogada pode mudar o futuro.

De cara me veio à cabeça um trecho do belíssimo texto O Ídolo, do uruguaio Eduardo Galeano:

Mas o ídolo é ídolo por um instante e não mais, humana eternidade, coisa de nada; e quando ao pé de ouro chega a hora da pata ruim, a estrela há concluído sua viagem desde o fulgor até o apagão. Está esse corpo com mais remendos que roupa de palhaço, e já o acrobata é um paralítico, o artista uma besta:
_ Com a ferradura não!
A fonte da felicidade pública se converte no para-raio do rancor público.
_ Múmia!
Às vezes o ídolo não cai inteiro. E às vezes, quando se quebra, o povo devora seus pedaços.

Escreva o Futuro contará com algumas participações especiais fora do mundo da bola, entre eles Roger Federer, Kobe Bryant, Homer Simpson e Gael Garcia Bernal.

No último sábado, 15 de maio, a Nike soltou 3 teasers do filme em seu canal do Youtube. Duas peças com Cristiano Ronaldo e uma – pra mim a melhor – com Wayne Rooney. Os 3 vídeos estão logo abaixo.

Wayne Rooney – Barrigudo e Esquecido

Cristiano Ronaldo – O Filme

Cristiano Ronaldo – Monumental

Como já disse, o Escreva o Futuro será lançado em 22 de maio, dia da final da Uefa Champions League. Mas existe uma possibilidade para você conferi-lo antes. A pré estréia online acontece no dia 20 de maio, quinta feira, no Facebook. Todos os fãs da Nike Futebol no Facebook receberão um convite para assistir ao filme dois dias antes de sua estréia. A exibição acontecerá na própria rede de relacionamentos, às 15 horas (Horário de Brasília).

Canal do Youtube: Nike Futebol

Yahoo! Penalty

No próximo sábado, 22 de maio, a Yahoo! realizará um evento mundial que, no Brasil, acontecerá no Parque da Juventude, em São Paulo. Trata-se do Yahoo! Penalty, que premiará os vencedores com o Passe de Esportes da Yahoo!, que dá direito à passagens aéreas e ingressos para 4 eventos esportivos internacionais durante os próximos quatro anos.

No evento do Parque da Juventude, bloggeiros, jornalistas e fãs de futebol terão a oportunidade de bater pênaltis em um grande goleiro brasileiro, ainda não divulgado pela empresa. É que está pintando uma nova promoção pra quem adivinhar qual será este famoso goleiro.

Eu, através do Ópio do Povo, fui um dos convidados para participar da ação, mas devido ao início das finais do NBB 09/10 – além do Ópio, faço as redes sociais da Liga Nacional de Basquete – não poderei comparecer ao evento em São Paulo.

Para saber mais sobre o Yahoo! Penalty, confira a página da Yahoo! World Football no Facebook!

Imagem: Yahoo! World Football

As novas camisas do Timão

O Corinthians estréia no Campeonato Brasileiro neste domingo, 9 de maio, contra o Atlético Paranaense, no Pacaembu. E para o debut, o Timão terá roupa nova!

Ontem, sexta, a Nike soltou as primeiras imagens dos novos uniformes do time do Parque São Jorge e a minha impressão é que ficaram lindos!

Diferentes nuances do branco na camisa 1 e do preto na 2, dão a impressão de listras verticais.

O distintivo do clube parece ter crescido e embaixo dele as datas 1910 – 2010, alusão ao centenário comemorado neste ano.

Outra novidade, na parte de trás da gola a inscrição Tu És Orgulho, trecho do hino corinthiano.

Estes e outros detalhes dos novos uniformes, você pode conferir na página da Nike no Facebook.

As novas camisas do Timão entram em campo neste domingo, mas chegam às lojas somente na terça, 11 de maio. Os preços sugeridos pela Nike e pelo Corinthians são de R$ 159,90 a de manga curta sem número, R$ 169,90 a de manga curta com número e R$ 199,90 a de manga longa.

Imagens: Nike Futebol

Peso e História – A camisa do Flamengo

Há cerca de um mês, recebi um presente do pessoal da Olympikus.

Uma caixa preta pesadíssima, de aproximadamente uns dois quilos.

Ao abrir, a seguinte mensagem:

Você está sentindo o que os adversários vão sentir em breve:
O Peso da Nova Camisa do Hexacampeão Brasileiro.

Dentro da caixa, uma belíssima camisa do Fla, número 10 e com meu nome! Por dentro da bela caixa preta, em um fundo falso, um saco de areia, responsável pelo dito peso. Muito bem amarrada a ação, muito bacana mesmo.

Ontem recebi mais um presente da Olympikus. A nova camisa 3 do Flamengo! Azul e ouro como nos primórdios da equipe de remo, quando ainda nem havia futebol no clube.

Linda, linda, linda! Não só a camisa, mas todo o entorno da ação. O regalo chegou em uma bela caixa estilo festa. Dentro, um convite com aqueles lacres antigos de cera derretida e uma réplica da carta de fundação do clube.

Tudo muito bem feito, com muito zelo.

A camisa rubro negra não posso sortear pra vocês porque, afinal, tem o meu nome nela né? E a azul e ouro também não porque, apesar de não ser flamenguista, curti tanto a camisa que já até usei!

Mas não fique triste não, no perfil do twitter da Olympikus Fla sempre tem promoções. É só segui-los, esperar pela próxima e torcer pra você ser o felizardo!

Imagens: Bloco 2

Flamengo X Grêmio na Arena HSBC!

O Flamengo assumiu a liderança do Brasileirão 09 na penúltima rodada e agora só precisa vencer o desinteressado Grêmio no Maracanã para levantar a taça.

Os ingressos para a decisão de domingo foram vendidos em poucas horas e o que se viu no maraca, além da empolgação e da alegria rubro negra, foi muita confusão.

Mais uma vez a despreparada polícia militar carioca protagonizou cenas lamentáveis – desorganizando, mas diferentemente do inesquecível Chico Science e de sua Nação Zumbi, sem o intuito de organizar.

Muita gente saiu do Maracanã frustrada, sem ingresso e, pior, machucada. O famoso torcedor gado

Diante de tais cenas. o pessoal do marketing do Flamengo agiu rápido para proporcionar ao torcedor rubro negro que não conseguiu ingresso a emoção do possível título mesmo fora do maraca. E para isto juntou o futebol à modalidade que conseguiu os melhores resultados para o Flamengo nos últimos anos, o basquete.

É que além da decisão do campeonato brasileiro de futebol, domingo também tem jogo válido pelo nacional de basquete, o NBB. Flamengo X Pinheiros jogam às 13 horas, na Arena HSBC, no Rio de Janeiro. O torcedor que comparecer ao ginásio na Barra poderá acompanhar o jogo contra o Grêmio em um telão full HD de 75 metros quadrados.

Excelente iniciativa de mão dupla. Além de incrementar o público do basquete, o torcedor poderá ver a decisão do futebol no clima da torcida flamenguista e com todo conforto que moderna Arena HSBC oferece.

Imagem: FlaMarketing