Mais que um clube, uma família

Em outras oportunidades já disse aqui que concordo inteiramente com essa história do Mais que um Clube do Barça. Pra mim não há uma expressão capaz de definir melhor o que representa o pavilhão azul e grená da Catalunha.

O vídeo promocional do time culé para o início desta temporada vai além do conceito de que o Barcelona é mais que um clube… é uma família.

Esta é a essência da belíssima peça da Barça TV! A música é super envolvente e as imagens são um verdadeiro tesouro. Os craques do atual elenco catalão em cenas familiares ou atuando pela base do time, pra quem gosta é realmente emocionante! Meus destaques são o então jogador Pep Guardiola entregando uma medalha a um pequenino Andrés Iniesta e um minúsculo Messi fazendo embaixadas com uma bola de tênis.

Bem, com vocês Torna La Gent Normal, uma produção da Barça TV.

Vídeo: FC Barcelona
Anúncios

Você conhece o Dubu?

Que o Barcelona é diferente, isto todo mundo já sabe, aquela história do Mais que um clube.

Tanto é que há mais de 3 anos o time catalão é parceiro da Unicef e inclusive paga para estampar a marca da entidade em seu uniforme, um dos espaços publicitários mais cobiçados do milionário mundo do futebol.

Jogada de marketing? Pode ser, mas não deixa de ser diferente.

Para este último primeiro de dezembro – dia mundial da luta contra a AIDS o Barça e a Unicef lançaram mais uma campanha de combate à tal doença, encabeçada pelo simpático Dubu.

Você não conhece o Dubu? Então dê uma olhada nos 2 vídeos abaixo.

O sítio oficial do Dubu em sua cruzada contra a AIDS infantil é um barato! Com informações bem claras e simples, de uma singeleza única. Tem até joguinho online com o simpático urso, super informativo e – pelo menos pro crianção aqui – divertido!

Sem dúvida alguma, vale a pena conferir o sítio do Dubu!

Imagem: Dubu contra SIDA

Olimpíada, bananas e o Meio de Campo

banana-e-macacoEsta semana muita gente me escreveu cobrando meu posicionamento em relação aos Jogos Olímpicos de 2016, evento que será sediado pelo Rio de Janeiro.

Bom, sinceramente não estou com a menor vontade de escrever sobre o assunto e não o farei. Sou completamente contra a realização da Olimpíada aqui, assim como não apoio a Copa de 2014.

Nada contra o Rio, cidade que levo em meu coração e que visito pelo menos 3 vezes ao ano, por trabalho ou por prazer. E nada contra meu país também. Mas não posso coadunar com a massa feliz que apoia a bandidagem responsável por tais eventos.

Colocar bilhões de dólares nas mãos de Eduardo Paes, Nuzman, Ricardo Teixeira, Chiquinho da Mangueira e companhia é como pedir pra raposa tomar conta do glinheiro ou pra um macaco cuidar da plantação de bananas… simplesmente não dá.

Mas já que falei de bananas e Jogos Olímpicos, aproveito para indicar aqui uma excelente leitura sobre o tema. O texto Olímpiadas no país das bananas, do jornalista e amigo João Paulo Ribeiro.

Pontual e ácido, João Paulo discorre sobre o tema contrapondo as bananas, fruto e gesto, que convivem em nosso esporte.

Vale a pena conferir!

Imagem: Meio de Campo

Campanha Vamos Ajudar o Washington

washington-fluminense-anos_80Quem, como eu, foi criança nos anos 80 e curtia futebol certamente há de se lembrar do grande atacante Washington que – juntamente com o ótimo Assis – formava a dupla de ataque do Fluminense que ficou conhecida como Casal 20.

Com eles o Fluminense conquistou seu único título do brasileirão, em 1984. E o bigodudo Washington era sempre figurinha carimbada nos álbuns daquela época.

Washington passa por sério problemas. Foi acometido pela Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA), a doença que é conhecida como Mal do Esporte.

A ELA é muito comum em esportistas e os cientistas acreditam que seu surgimento esteja ligado ao excesso de atividade física. O volante polonês Krzystof Nowak que defendeu o Atlético Paranaense em 1996 e 1997 faleceu vítima da enfermidade em 2005, com apenas 29 anos.

Futebol, baseball e triathlon são os esportes com maior incidência da doença.

casal_20-fluminense-assis_e_washington

A Esclerose Lateral Amiotrófica não tem cura e a medicação que atrasa a evolução dos sintomas custa cerca de 1.600 reais, dose relativa a um mês de tratamento.

Washington, como muitos de nossos craques do passado,  não carece de muitos recursos econômicos. Com o intuito de ajudar o ídolo tricolor, o juizforano João Márcio Júnior lançou a campanha Vamos Ajudar o Washington.

Márcio Júnior visitou o ex jogador e levou uma camisa oficial do Fluminense para ser autografada pelo craque. Esta camisa está agora em leilão e toda a renda obtida através da ação será revertida para que o Washington possa adiquirir a medicação necessária ao tratamento.

washington_autografa_camisa-casal_20

Os interessados em adquirir a pérola podem enviar seu lance na camisa (mínimo de 300 reais) para o email joaomarciojr@gmail.com

E pra quem quiser ajudar o ex atacante do Flu sem participar do leilão, segue abaixo a conta – gerenciada por sua filha.

Conta Poupança 7237-0
Agência 2926-2
Banco do Brasil
Titular da Conta: Geovana de Souza Santos (Filha do Washington)
CPF 165.634.415-72

Imagens: Meu Time! e Clássicos

A nova jóia russa

alan_dzagoev-picnik-cska-russia

Há alguns anos o mundo se encantou com o futebol de Andrey Arshavin que levou o desconhecido Zenit São Petersburgo ao inédito título da Copa da Uefa.

Arshavin – que atualmente joga no insinuante Arsenal de Londres – fez com que o mundo da bola voltasse seus olhos ao futebol russo que, historicamente, sempre foi um celeiro de grandes jogadores como o fantástico craque dos anos 50 Eduard Streitsov – chamado simplesmente de Pelé russo.

Pra esta temporada o Chelsea fez uma única contratação, o meia russo Yuri Zhirkov que saiu do CSKA de Moscou.

Mas o que Roman Abramovich não viu quando foi buscar Zhirkov era que entre os suplentes do CSKA se encontrava a verdadeira jóia russa, o meia atacante Alan Dzagoev.

Este é o jogador que mais tem me impressionado nesta temporada. Rápido e de extrema inteligência futebolística, tem uma forma de bater na bola muito especial! Dzagoev  tem o passe refinado – na liga russa do ano passado foram 10 assistências em 20 participações, muitas delas saindo do banco – e um chute de média distância letal.

Com apenas 19 anos – recém completados – Dzagoev é a maior promessa do futebol russo e ao lado do eslovaco Marek Hamsik eu diria que são as grandes apostas do futebol de todos os países que compunham a extinta Cortina de Ferro.

Na temporada passada Alan Dzagoev foi eleito a revelação da Liga Russa de futebol e foi sob o comando de Zico que ganhou a camisa 10 e a vaga de titular do CSKA.

Tenho certeza que em breve Dzagoev aparecerá em um dos principais times do futebol mundial. Se isto não acontecer na janela de transferências de inverno do futebol europeu, da Copa de 2010 não passa. Podem apostar!

Imagem: Daily Mail
Efeito: Picnik
Canal do Youtube: Kostyl87

Rap com futebol? Tô no canal errado…

Eu vivo espinafrando o pessoal da Globo e Sportv, é verdade.

Mas ontem me surpreenderam… e muito!

Confesso que na hora até pensei que era mais uma faceta da famosa Oi Problemas – Nem Tão Simples Assim, que o sinal de outro canal tava entrando onde deveria ser o Sportv.

Mas eram eles mesmos!

Melhores momentos de Brasil X Chile pelas Eliminatórias pra Copa do Mundo da África do Sul. Mas um pouco diferente da forma que estamos acostumados.

Então, pra não dizer que só falo mal, meus parabéns ao Sportv por apostar na novidade! E claro, parabéns ao criador da peça.

Rap na veia! Vale a pena conferir a criação de Felipe Ribbe!

Ao vídeo!

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

Vídeo: Globo Vídeos

Sempre Laerte!

Mais uma dica do Cas do Canta Cantos.

Laerte dispensa comentários… é sem dúvida alguma um dos grandes cartunistas de nossa história. Criou entre outros fantásticos personagens, Hugo, Overman e Deus, ele mesmo, o todo poderoso.

Então pra não tomar mais o tempo de vocês, aí vai a tirinha enviada pelo Cas.

E só pra constar, a Casa do Minotauro – o blog das tiras diárias do Laerte – tá em novo endereço! Clique aqui e se divirta!

LAERTE-17-08-drágea116