Milagre no Bosque

milagre em la_plata 468350

Este fim de semana a cidade de La Plata viveu uma das mais emocionantes viradas da história do futebol, um jogo que pode tranquilamente ser comparado à famosa Batalha dos Aflitos, ao Milagre de Berna ou a qualquer outra destas partidas épicas que marcaram o esporte bretão.

O Gimnasia y Esgrima La Plata – tradicional rival do Estudiantes que enfrenta o Cruzeiro pela final da Libertadores – recebeu o Atlético Rafaela pela respescagem do campeonato argentino. Lá na terra dos hermanos os dois últimos colocados são rebaixados diretamente enquanto o 17º e o 18º disputam o que eles chamam Torneio de Promoção contra o 3º e 4º colocados da segundona.

Na partida de ida o Rafaela havia vencido por 3 X 0 com 3 gols do centroavante Aldo Visconti. Um placar igual manteria os Lobos de La Plata na primeira divisão. O estádio do Bosque estava lotado para apoiar o Gimnasia em uma tarefa que a princípio já era duríssima.

Com o desenrolar da partida o que era difícil começou a parecer impossível. Além do 0 X 0 no placar do primeiro tempo, os Lobos ainda tiveram um jogador expulso ainda na primeira etapa.

Mas este não era um jogo qualquer.

Aos 27 do segundo tempo o atacante Diego Alonso, que até então havia marcado apenas um gol no Clausura 2009, abriu o marcador. Mas ainda faltavam 2 gols para que o Gimnasia se mantivesse na primeira divisão.

O jogo correu com mais uma expulsão pra cada lado e nada de gol pra nenhum dos dois times. Até os 44 do segundo tempo. Foi quando apareceu a figura do atacante Franco Niell, de 26 anos e 1 metro e 62 de altura.

O Anão, como é conhecido Niell no futebol argentino, saiu do banco de reservas e, como um gigante, marcou duas vezes e garantiu os Lobos na primeira divisão.

Ironia maior, os dois gols do Anão foram de cabeça.

O primeiro aos 44 da etapa final e o gol decisivo, o da permanência, aos 47 minutos, bem no apagar das luzes.

Vitória emocionante, histórica do Gimnasia Y Esgrima!

E uma lição para o Cruzeiro, os de La Plata – sejam Lobos ou Pinchas – são propensos às grandes façanhas!

Imagem: Gimnasia y Esgrima La Plata
Anúncios

Opções pra seleção

Zangado nosso novo colunista!

Zangado, nosso novo colunista!

É com prazer que estréio minha coluna aqui no Ópio do Povo. Confesso que foi com enorme alegria e surpresa que recebi o convite do Bernardo. Espero não decepcionar os comedores de ópio

O que poucos sabem é que eu sempre fui o anão que manjava de futebol. No nosso time – Toquinhos Futebol Clube – eu era o camisa 10, o cérebro pensante dentro de campo. Além de exercer, paralelamente, a função de técnico e manager.

Na nossa equipe o Dunga era apenas um cabeça de área, nem volante conseguia ser. Um carregador de piano sem muito brilho, sem muitos recursos técnicos. Tanto que até hoje a venda dele pro Inter de Porto Alegre, que aconteceu na minha gestão, é considerada a melhor transação na história do futebol na nossa Terra, o equivalente à venda do Fábio Júnior pra Roma, se lembram?

Uma de suas características mais marcantes, além das poucas palavras, sempre foi sua famosa teimosia. Tinha dia que nem a Branca de Neve pra fazê-lo mudar de opinião, dureza.

Essa teimosia se nota na forma como Dunga se casou com o esquema da moda, o 4-2-3-1. Até contra o inofensivo Peru o treinador não abriu mão dos 2 cabeças de área leões de chácara

Seleção do Dunga
seleçao do dunga Nada contra o esquema, a seleção espanhola joga assim e há um pensamento, quase unânime, que a Fúria vem jogando o melhor futebol entre todas seleções do mundo desde 2006. Mas o Brasil, com a grande variedade de bons jogadores que tem, poderia muito bem pensar em outras variações de jogo.

Abaixo apresentarei algumas delas, na mantenho a formação do ex companheiro de Toquinhos FC, mas com algumas opções que poderiam deixar o time mais leve, mais solto.

4-2-3-1 do Zangado
seleção brasileira 4-2-3-1 Zangado4-4-2 com losango
seleção zangado 4-4-2 losango4-4-2 com quadrado
seleção zangado 4-4-2 quadrado4-3-3 com 2 volantes
seleção zangado 4-3-3 com 2 volantes4-3-3 com 2 meias
seleção zangado 4-3-3 com 2 meias4-1-4-1
seleção zangado 4-1-4-1

 E pra não ficar em cima do muro, aí vai a minha seleção ideal!
seleção brasileira ideal do Zangado