10 motivos para apoiar o #ForaRicardoTeixeira

Se você acha um disparate que uma entidade, dita como democrática, seja presidida por mais de duas décadas pelo mesmo homem, apoie o #ForaRicardoTeixeira.

Se você acha uma toleima que um sujeito vá rotineiramente a Zurique nos últimos 20 anos e nunca tenha visto os vitrais de Marc Chagall, apoie o #ForaRicardoTeixeira.

Se você acha uma contrassenso que um presidente de qualquer entidade dê uma canetada prolongando seu próprio mandato de 4 para 7 anos, apoie o #ForaRicardoTeixeira.

Se você acha um despautério que alguém venda seu voto em qualquer tipo de eleição, apoie o #ForaRicardoTeixeira.

Se você acha um absurdo que alguém compre votos em qualquer tipo de eleição, apoie o #ForaRicardoTeixeira.

Se você acha uma estolidez um sujeito passar por uma vitrine e ficar impressionado com um casaco de pele que custa apenas mil euros, apoie o #ForaRicardoteixeira.

Se você acha sem razão que todo o poder do futebol brasileiro fique nas mãos de um único homem, apoie o #ForaRicardoTeixeira.

Se você acha bizarro que a Copa do Mundo, que tem como sede um PAÍS, esteja nas mãos de um único homem, apoie o #ForaRicardoTeixeira.

Se você acha um dislate que o presidente do comitê organizador de uma Copa do Mundo ameace a imprensa, inclusive com promessas de não credenciamento para o evento, apoie o #ForaRicardoTeixeira.

Se você acha uma vergonha qualquer tipo de arrogância e prepotência, apoie o #ForaRicardoTeixeira.

Desde a meia noite desta quinta, 21 de julho, está no ar o #ForaRicardoTeixeira, site que se propõe a aglutinar tudo que sai nas redes sobre o reizinho Ricardo Teixeira, o déspota do futebol brasileiro.

O Ópio do Povo aprova esta idéia!

E se você concorda com um destes 10 motivos ou possui qualquer outro, então apoie o

#ForaRicardoTeixeira!

Imagem: Print do #ForaRicardoTeixeira
Anúncios

A boa lista do Mano

Mano Menezes fez sua primeira convocação à frente da Seleção Brasileira. E surpreendeu, pelo menos àqueles que esperavam uma lista com Dentinho, Chicão, Elias e Roberto Carlos, todos atletas do Corinthians. O único jogador do Timão na convocação foi o volante Jucilei, o que me pareceu uma boa surpresa.

O time que encabeçou a lista foi o Santos com 4 jogadores, Robinho, Neymar, Ganso e André. O volante Arouca foi a ausência santista mais sentida. Pelo menos eu queria vê-lo vestindo a amarelinha.

Já que a palavra de ordem é renovar, dos 24 convocados 7 têm idade olímpica. Pato (Milan), Ganso (Santos) e Rafael (Manchester United) com 20 anos, Neymar (Santos) com 18, Sandro (Internacional) com 21, André (Santos) e o goleiro Renan (Avaí) com 19. Sangue novo na seleção que tem média de idade de 23,1 anos.

De forma geral gostei muito da convocação. Algumas lembranças são bem interessantes, como o zagueiro David Luiz (Benfica), o volante Jucilei (Corinthians), o lateral Rafael (Manchester United) e o jovem goleiro Renan (Avaí). Os retornos de Lucas (Liverpool), Pato (Milan), Hernanes (São Paulo) e Marcelo (Real Madrid) são excelentes, estes jogadores nunca deveriam ter sido afastados da seleção e, ao meu entender, deveriam ter ido à África do Sul. A esperada convocação de Paulo Henrique Ganso (Santos) também foi outro ponto positivo da lista do Mano. Quando leu o nome do meia paraense, o novo técnico da Seleção até soltou um sorrisinho maroto, como quem dissesse esse é o cara!

De negativo poucos nomes. Eu particularmente não gosto dos laterais Daniel Alves (Barcelona) e André Santos (Fenerbahçe), embora entenda a convocação dos dois. Na minha lista também não estariam os zagueiros Henrique (Racing Santander) e Réver (Galo), acho que temos muitos zagueiros na frente deles, por exemplo Alex Silva (São Paulo), Miranda (São Paulo) e Leonardo Silva (Cruzeiro). Agora o que não entendi mesmo foi a convocação do goleiro Jéfferson (Botafogo) e do meia Éderson (Lyon). Jéfferson é bem fraquinho, inconstante, e até hoje não aprendeu a pegar falta. Já Éderson nunca se firmou no Lyon e nem mesmo no Fenerbahçe, não o vejo com bola suficiente pra vestir a camisa da seleção.

Outra coisa que vale ressaltar é a qualidade dos volantes, algo tão essencial no futebol moderno onde atacantes e meias não têm espaço e tempo nem para pensar. Hoje os volantes ganharam grande importância, sendo quase sempre os responsáveis pela organização do jogo. Mano só chamou volantes que sabem jogar. Ramires (Benfica), Lucas (Liverpool), Sandro (Internacional), Jucilei (Corinthians) e Hernanes (São Paulo) marcam, mas também gostam da bola e saem muito bem para o jogo.

Dia 10 de agosto este grupo entra em campo no amistoso contra o Estados Unidos, em Nova Jersey. Será o início da Era Mano Menezes à frente da seleção. Não sei se é pelo alívio do fim do dunguismo ou se pela boa primeira convocação do Mano, mas a expectativa é das melhores para os próximos anos!

Os 24 do Mano

Goleiros
Jéfferson (Botafogo), Renan (Avaí) e Víctor (Grêmio).

Laterais
Daniel Alves (Barcelona), Rafael (Manchester United), André Santos (Fenerbahçe) e Marcelo (Real Madrid).

Zagueiros
David Luiz (Benfica), Thiago Silva (Milan), Henrique (Racing Santander) e Réver (Galo).

Volantes e Meias
Ramires (Benfica), Jucilei (Corinthians), Lucas (Liverpool), Hernanes (São Paulo), Sandro (Internacional), Ganso (Santos), Éderson (Lyon) e Carlos Eduardo (Hoffenheim).

Atacantes
Neymar (Santos), André (Santos), Robinho (Santos), Pato (Milan) e Diego Tardelli (Galo).

Quem diria???

Não adianta discutir por etapa. Quer discutir? Vamos discutir calendário; implementação do calendário europeu, vamos analisar o horário dos jogos. Estamos fazendo testes na Série B com excelentes resultados. Quem sabe a gente não modifica o horário dos jogos? Pelo menos no meio de semana tem de ser estudado. Se vamos discutir, vamos discutir o todo. Os argumentos que usam contra os pontos corridos, dou 80 mil argumentos a favor. Estamos com 290 jogos, público médio de 17 mil pessoas – isso é média de Campeonato Francês -, com tendência de crescer mais ainda. Como presidente da CBF não posso só ficar preocupado com índice de TV. Tenho de ficar preocupado com o torcedor no estádio também. Não adianta fazer jogo para estádio vazio.

ricardo_teixeira-pensativo-cbf

A frase é – pasmem – de Ricardo Teixeira, presidente quase eterno da CBF (só vinte aninhos no cargo) em entrevista aos jornalistas Almir Leite e Sílvio Barsetti do Estadão. Desde 89 no poder, é a primeira vez que o manda chuva do futebol brasileiro encara de frente os donos do poder no país, a toda poderosa Rede Globo que vem trabalhando nos bastidores pela volta do mata mata ao brasileirão.

Quem acompanha o blog sabe que sou um contumaz crítico do presidente da CBF, mas que agora merece palmas, merece!

Dizem que a verdade no futebol não dura 24 horas, mas enquanto Ricardo Teixeira mantiver esta postura a favor dos pontos corridos e do torcedor brasileiro eu mantenho meus aplausos.

Imagem: FS Notícias

Rivalidade que mexe com os números

juan-heinzeNo próximo sábado Argentina e Brasil se enfrentam em Rosário pelas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2010. A partida será realizada no estádio Dr. Lisandro de la Torre, o famoso Gigante de Arroyito, palco do confronto entre as duas seleções na Copa de 78, jogo que ficou conhecido como A Batalha de Rosário.

A rivalidade entre brasileiros e argentinos no futebol não é novidade para ninguém. Eu morei 2 anos na Argentina e depois da final da última Copa América cheguei a passar um certo aperto na rua por estar usando a amarelinha.

Nesta semana muito tem se falado sobre a história do clássico. Pesquisando nos sítios da AFA e da CBF percebi uma ligeira diferença nas estatísticas do confronto apresentadas pelas duas confederações.

A CBF registra 3 partidas a mais que a AFA e, logicamente, somos os vencedores destes jogos não contabilizados pelos argentinos.

Os 3 jogos perdidos são:

Brasil 2 X 0 Argentina – 02/12/1923 – Taça da Confraternização Argentina-Brasil
Brasil 4 X 1 Argentina – 07/08/1968 – Amistoso
Brasil 3 X 2 Argentina – 11/08/1968 – Amistoso

Independente de quais números estejam corretos, da CBF ou da AFA, o certo é que o clássico Brasil X Argentina é marcado pelo equilíbrio… e claro, pela rivalidade.

Os números de Brasil X Argentina pela CBF

92 jogos
36 vitórias brasileiras
33 vitórias argentinas
23 empates
145 gols brasileiros
146 gols argentinos

Os números de Argentina X Brasil pela AFA

89 jogos
33 vitórias argentinas
33 vitórias brasileiras
23 empates
143 gols argentinos
136 gols brasileiros

brasil_x_argentina

Imagens: Jumentos Futebol Clube e Na Jogada!

A Copa do Mundo é realmente nossa

Trilha Sonora: A Taça do Mundo é Nossa (Maugeri, Müller, Sobrinho e Dagô)

Se você anda economizando dinheiro pra trocar de carro, pagar a faculdade ou fazer aquela viagem dos seus sonhos, é melhor mudar de idéia. Não terá jeito, eu, você e todos os brasileiros teremos mesmo que abrir a carteira pois a Copa do Mundo é nossa… assim como a conta do Mundial da Fifa.

Esta semana o todo poderoso Ricardo Teixeirapresidente dono da CBF – convocou parte da imprensa para uma nova modalidade de entrevista, a coletiva exclusiva.

derrama_dinheiro_publicoO ponto central das declarações de Ricardo Teixeira foi só um, dinheiro público na construção e reforma dos estádios que sediarão as partidas da Copa de 2014. Segundo o presidente da CBF, sem a ajuda do poder público a Copa não sai.

Coisa que todos nós já sabíamos, embora dirigentes e políticos teimassem em negar.

Mas esta é, como disse acima, uma facada esperada, a famosa crônica de uma morte anunciada. O fato novo, mas não menos esperado, apareceu em Curitiba. A diretoria atleticana também anunciou esta semana que sem ajuda da mão grande do governo a Arena não terá condições de se adequar às exigências da Fifa.

Apenas 3 dos 12 estádios que sediarão o Mundial não pertencem ao poder público – Arena da Baixada (Atlético Paranaense), Beira Rio (Inter) e Morumbi (São Paulo).

E com a preocupante sinalização do Furacão de que sozinho não vai dar, fica a pergunta: Será que teremos que pagar a conta até dos estádios particulares?

Se é assim, deveria ter havido um plebiscito para dizermos se queríamos ou não sediar o Mundial.

A Copa do Mundo é nossa! Nossa mesmo…

Imagem: Bico do Corvo
Áudio: Escuta Isso!

Conheça a Sociedade Futeboleira do Brasil!

Vice da Federação Paulista se demite e acusa Palmeiras e Traffic no caso Tardelli

Um dos vice-presidentes da Federação Paulista de Futebol, Ataíde Gil Guerreiro, pediu demissão de seu cargo diante das câmeras de TV de todo país.

Eu vi na Espn Brasil.

Ataíde acusou o presidente da Federação Paulista, Marco Polo del Nero e seu vice, Reinaldo Carneiro Bastos, pela confusão armada em torno do árbitro Wagner Tardelli e a decisão Goiás X São Paulo.

Ataíde declarou que o caso não passa de um factóide criado pela Federação Paulista de Futebol, Palmeiras e Traffic.

Segundo o ex vice da Federação, o tri do São Paulo representaria o fracasso e a falência do modelo Traffic/Palmeiras.

Outra possível motivação seria a aprovação do Morumbi como estádio paulista da Copa de 2014.

A Federação planejava construir um novo estádio para o mundial.

Tardelli não apita mais Goiás x São Paulo

Wagner Tardelli não apitará mais a partida Goiás X São Paulo que define o campeão brasileiro de 2008.

A CBF recebeu, na manhã de hoje, uma denúncia do Ministério Público do Rio de Janeiro (segundo o próprio Tardelli em entrevista a João Palomino, da Espn Brasil) de que uma pessoa estaria usando o nome do árbitro carioca para vender o resultado da partida.

A entidade não divulgou qual clube estaria envolvido na suposta compra do jogo.

Para evitar qualquer dúvida sobre a lisura do campeonato a CBF resolveu por retirar Wagner Tardelli do jogo. Em seu lugar o dono do apito será o inexperiente Jaílson Macedo Freitas, da Bahia.

Tardelli falou agora a pouco à ESPN e deu a entender que se trata de um golpista se utilizando do seu nome e que seu afastamento do jogo é uma questão de cuidado com o campeonato e com o próprio profissional.

O comunicado da CBF é muito vago e dele não se pode extrair conclusões.

Esperemos…