Gol de parafuso

Quem acompanha futebol se lembra da contusão do Eduardo da Silva contra o Birmigham.

Quem não se lembra pode ver uma foto aqui, ou se tiver estômago um vídeo aqui.

Eduardo da Silva é um daqueles caras que é impossível se torcer contra.

Foi descoberto no Campeonato de Favelas do Rio de Janeiro e foi direto pra Croácia.

Com o sucesso no Dínamo de Zagreb e na seleção da camisa quadriculada, Eduardo foi parar no Arsenal.

A entrada de Taylor fez com que perdesse a Eurocopa do ano passado, mas por sorte não perdeu a perna. O que, segundo a equipe médica  do time londrino, poderia ter acontecido se o atendimento tivesse demorado um pouco mais, coisa de minutos.

Eduardo da Silva se recuperou 3 meses antes do tempo previsto e já volta a dar mostras do seu talento.

Neste fim de semana, pela FA Cup, meteu um golaço…  com a mesma perna operada, com o mesmo tornozelo remendado por parafusos de titânio

De chaleira, com muito estilo… Do jeito que eu gosto. Aliás, na pelada da última terça, que marcou minha volta aos gramados depois de 1 ano de completa inatividade e sedentarismo, tentei fazer um igualzinho, mas o holofote da quadra me impediu de enxergar a bola e acabei furando feio. Azar de craque?

Desfrutem o gol de Eduardo da Silva, golaço de parafuso!

Anúncios