Cala a boca Mano!

Na apresentação da Seleção Brasileira que disputará a Copa América na Argentina, o técnico Mano Menezes resolveu cutucar Lionel Messi, o melhor jogador do mundo.

Em relação à fase individual de cada um, nós já vimos que às vezes os jogadores arrebentam em seus clubes e não conseguem repetir o desempenho em suas seleções. Acho que podemos até citar o Messi, que faz maravilhas no Barcelona, mas não conseguiu ter o mesmo desempenho pela Argentina no Mundial na África do Sul.

Primeiramente, é mentira que Messi tenha feito um mal Mundial África do Sul, não foi uma maravilha, mas também não foi este desastre todo. É vero que o melhor do mundo não fez um golzinho sequer, mas teve boas apresentações, além de ser o jogador que mais finalizou no Mundial.

Outra coisa que não pode ser desconsiderada, a Seleção Argentina dirigida por Diego Maradona na Copa. Aquilo era uma bagunça só, um time desorganizado, mal postado em campo, mal convocado. O meia Jonás Gutiérrez ocupou a lateral direita do time enquanto Javier Zanetti via o Mundial pela TV, assim como o ótimo Esteban Cambiasso, ambos campeões europeus pela Inter em 2010.

Outro ponto a se pensar; Messi foi criado em uma escola que prima pelo futebol coletivo, o Barça. Na Catalunha desde os 13 anos, Messi aprendeu desde sempre que futebol é um esporte que se joga em conjunto e a Argentina de 2010 era um ajuntadão, um salve-se quem puder. Então é lógico que o melhor do mundo não rendesse na seleção o mesmo que mostra em seu clube, até porque no clube os jogadores treinam durante todo um ano e sem falar que a Seleção Argentina ou qualquer outro selecionado nacional não se compara ao Barça. Só a Espanha chega perto, justamente pela espinha dorsal azul e grená, mas mesmo a Fúria fica atrás já que não conta com Messi, Dani Alves e Abidal, pra ficar só em 3 nomes.

Por tanto, Mano deveria se preocupar mais com seu time. Até porque a Seleção Brasileira vem jogando uma bolinha murcha murcha, bem quadradinha. Um time burocrático, engessado, que só encontra alegria nos pés do Neymar.

Só pra reforçar o título do post, cala a boca Mano!

Imagem: Clica Piauí
Anúncios

Convocação da Seleção – A do Dunga e a minha

Amanhã, 11 de maio, sai a convocação dos jogadores que defenderão o Brasil na próxima Copa do Mundo, na África do Sul.

Muitas expectativas e perguntas a respeito da lista do Dunga: Ronaldinho Gaúcho  estará entre os 23 convocados? E os meninos Neymar e Ganso, também vão à África? E quem fica de fora para que eles entrem?

Vindo do técnico anão, não acredito em surpresas. Pra mim, Ganso e Neymar estão fora de cogitação. Embora eu torça para vê-los na lista, não acredito mesmo que serão chamados.

Já sobre Ronaldinho, também não acredito na convocação, mas penso que existe possibilidade. Principalmente se Dunga e Jorginho tiverem desistido de Adriano. Sem o Imperador, cresce a chance do Gaúcho pois abre-se um espaço para mais uma grande estrela, um nome de peso.

A convocação sai amanhã, mas especular não custa nada né? Então aí vão os 23 jogadores que eu acho que serão convocados. Importante ressaltar que são aqueles que eu acredito que estarão na lista do Dunga e não os que eu queria ver por lá. Minha seleção seria bem diferente do time do técnico anão.

Lista do Dunga

Goleiros
Júlio César (Inter de Milão) – Doni (Roma) – Victor (Grêmio)

Laterais
Maicon (Inter de Milão) – Daniel Alves (Barcelona) – Michel Bastos (Lyon) – Kléber (Inter de Porto Alegre)

Zagueiros
Lúcio (Inter de Milão) – Juan (Roma) – Luisão (Benfica) – Miranda (São Paulo)

Volantes e Meias
Gilberto Silva (Panathinaikos) – Josué (Wolfsburg) – Felipe Melo (Juventus) – Elano (Galatasaray) – Kaká (Real Madrid) – Júlio Baptista (Roma) – Ramires (Benfica) – Kléberson (Flamengo)

Atacantes
Robinho (Santos) – Adriano (Flamengo) – Luís Fabiano (Sevilla) – Nilmar (Villarreal)

Time Base (4-2-3-1)

Então, para que não haja confusão, na sequência apresento aquela que seria a minha convocação!

Lista do Bernardo

Goleiros
Júlio César (Inter de Milão) – Gomes (Tottenham) – Victor (Grêmio)

Laterais
Maicon (Inter de Milão) – Daniel Alves (Barcelona) – Marcelo (Real Madrid) – Fábio Aurélio (Liverpool)

Zagueiros
Lúcio (Inter de Milão) – Juan (Roma) – Alex (Chelsea) – Miranda (São Paulo)

Volantes e Meias
Gilberto Silva (Panathinaikos) – Lucas (Liverpool) – Sandro (Inter de Porto Alegre) – Paulo Henrique Ganso (Santos) – Kaká (Real Madrid) – Ramires (Benfica) – Hernanes (São Paulo)

Atacantes
Neymar (Santos) – Adriano (Flamengo) – Luís Fabiano (Sevilla) – Alexandre Pato (Milan) – Ronaldinho Gaúcho (Milan)

Time Base (4-1-3-2)

Imagem: Jornalismo 24 Horas