Seleção inglesa na internet e nos cinemas

futebol_no_computador-web-internet-red-net

Ucrânia e Inglaterra se enfrentam neste sábado, dia 10, pelas eliminatórias pra Copa do Mundo de 2010.

A partida acontece na cidade de Dnepropetrovsk (Ucrânia), mas os ingleses não poderão assistir à sua seleção pela TV.

A Perform – empresa que assumiu os direitos de transmissão das partidas do English Team após a falência da Setanta, antiga detentora – não chegou a um acordo com os canais de TV britânicos.

Como o jogo pouco vale para a Inglaterra que já assegurou sua vaga na África do Sul, os valores propostos pelas televisões foi reduzido em 40% se comparado à ultima partida dos ingleses nas eliminatórias, o 5 X 0 contra a Croácia que garantiu a classificação.

royal_cinema-vintage_movie_theatre-cinema_antigoDescontente com a proposta, a Perform se negou a vender o jogo para a TV e a partida será transmitida apenas na internet e nos cinemas britânicos da rede Odeon.

Assistir o jogo pela rede custará 4,9 libras, mas o acesso é restrito ao Reino Unido. Clique aqui e confira. Já para ver o English Team nas telonas o valor é de 12 libras.

Parece que no sábado os torcedores ingleses terão que trocar a cervejinha do pub pela pipoca das salas de cinema.

Nós, do lado de cá do atlântico, poderemos acompanhar a partida ao vivo na ESPN Brasil, a transmissão começa a uma da tarde. Se a Ucrânia vencer a Inglaterra ultrapassa a Croácia na tábua de classificação e o time de Andriy Shevchenko só precisará vencer a inexpressiva Andorra para ir à repescagem européia.

Imagens: Peopleware e Blog do Inácio Araújo
Anúncios

Se eu fosse o técnico…

Aproveitando esta semana de eliminatórias para a Copa do Mundo de 2010 resolvi brincar de técnico!

Iria postar aqui como ficariam as principais seleções do mundo caso eu fosse o treinador.

Pensei nas 10 melhores, mas aí meu querido Uruguai ficaria de fora… e eu não faria isto com nossos amistosos vizinhos que nos deram a garra de Obdulio Varela, a classe do príncipe Enzo Francescolio ideário político de José Artigas e as palavras mágicas de um certo Eduardo Galeano.

Então estabeleci que a brincadeira partiria dos 7 campeões mundiais. E completei com os 4 países que não alcançaram a glória máxima das Copas, mas pra mim se encontram hoje – ou pelo menos poderiam se encontrar – entre as melhores seleções do mundo.

Então aí vão os 11 melhores esquadrões nacionais da atualidade… na fantasia da minha realidade!

Alemanha (4-2-3-1)
minha_alemanhaArgentina (4-4-2)
minha_argentinaBrasil (4-1-4-1)
meu_brasil03

Costa do Marfim (4-1-4-1)
minha_costa_do_marfimCroácia (4-4-2)
minha_croacia-2 Espanha (3-2-3-2)
minha_espanhaFrança (4-4-2)
minha_françaHolanda (4-4-2)
minha_holandaInglaterra (4-4-2)
minha_inglaterra

Itália (4-3-3)
minha_italiaUruguai (4-4-2)
meu_uruguai

Imagem Estrelão: Submarino

Gol de parafuso

Quem acompanha futebol se lembra da contusão do Eduardo da Silva contra o Birmigham.

Quem não se lembra pode ver uma foto aqui, ou se tiver estômago um vídeo aqui.

Eduardo da Silva é um daqueles caras que é impossível se torcer contra.

Foi descoberto no Campeonato de Favelas do Rio de Janeiro e foi direto pra Croácia.

Com o sucesso no Dínamo de Zagreb e na seleção da camisa quadriculada, Eduardo foi parar no Arsenal.

A entrada de Taylor fez com que perdesse a Eurocopa do ano passado, mas por sorte não perdeu a perna. O que, segundo a equipe médica  do time londrino, poderia ter acontecido se o atendimento tivesse demorado um pouco mais, coisa de minutos.

Eduardo da Silva se recuperou 3 meses antes do tempo previsto e já volta a dar mostras do seu talento.

Neste fim de semana, pela FA Cup, meteu um golaço…  com a mesma perna operada, com o mesmo tornozelo remendado por parafusos de titânio

De chaleira, com muito estilo… Do jeito que eu gosto. Aliás, na pelada da última terça, que marcou minha volta aos gramados depois de 1 ano de completa inatividade e sedentarismo, tentei fazer um igualzinho, mas o holofote da quadra me impediu de enxergar a bola e acabei furando feio. Azar de craque?

Desfrutem o gol de Eduardo da Silva, golaço de parafuso!