Mesmo com pouco futebol, Inglaterra está nas oitavas

Foi só 1 X 0, gol de Jermain Defoe. E a Inglaterra chegou a correr riscos durante o jogo.

Mas o resultado magro valeu a classificação.

Rooney seguiu sem marcar e o time de Capello sem encantar.

Mas classificado, o time inglês não pode ser ignorado.

Com tantos bons jogadores e um técnico muito competente, a Inglaterra volta à briga pelo título.

Na próxima fase o English Team encara a Alemanha, naquele que, possivelmente, será o grande confronto das oitavas de final. Pelo menos o de mais história.

Imagem: The Guardian

Boa convocação!

Dunga convocou nesta terça, dia 27 de outubro, a seleção brasileira que enfrentará Inglaterra e Omã em amistosos nos dias 14 e 18 de novembro respectivamente.

O duelo contra o English Team acontece em Doha no Catar. Já a partida contra Omã será realizada na casa dos adversários da península arábica, na capital Mascate.

Sem poder contar com jogadores que atuam no futebol brasileiro, Dunga convocou 4 surpresas para os jogos na Ásia. O lateral Fábio Aurélio (Liverpool), os meias Carlos Eduardo (Hoffenheim) e Michel Bastos (Lyon) – este último se for utilizado deverá jogar na lateral esquerda, sua posição de origem – e o atacante Hulk do Porto.

Das novidades, acho que Fábio Aurélio há muito já fazia por merecer esta chance e a convocação do Michel Bastos também é muito válida, ele começou a temporada muito bem no Lyon, é um jogador rápido, versátil e moderno. Já Carlos Eduardo e Hulk eu não convocaria. O primeiro é um bom jogador, mas em sua posição temos nomes melhores, Diego da Juventus por exemplo. Já o Hulk vale pelo nome! É um jogador muito forte e tal, mas pra mim não tem bola pra jogar na seleção. No último campeonato português ele marcou 8 gols, na edição deste ano fez 1 e na Champions da atual temporada marcou outros 2; números bem modestos pra um centroavante de referência. Eu preferia ver o Grafite do Wolfsburg ou o Alexandre Pato do Milan.

Mas enfim, em seu todo a convocação é coerente e, de uma forma geral, podemos dizer que é boa.

Abaixo, a lista dos 24 convocados:

Goleiros

Júlio César (Inter de Milão)
Doni (Roma)

Zagueiros

Juan (Roma)
Lúcio (Inter de Milão)
Luisão (Benfica)
Naldo (Werder Bremen)

Laterais

Maicon (Inter de Milão)
Daniel Alves (Barcelona)
Fábio Aurélio (Liverpool)
Michel Bastos (Lyon)

Meio-campistas

Gilberto Silva (Panathinaikos)
Felipe Mello (Juventus)
Josué (Wolfsburg)
Lucas (Liverpool)
Alex (Spartak Moscou)
Ramires (Benfica)
Elano (Galatasaray)
Kaká (Real Madrid)
Júlio Baptista (Roma)
Carlos Eduardo (Hoffenheim)

Atacantes

Luís Fabiano (Sevilla)
Robinho (Manchester City)
Nilmar (Villarreal)
Hulk (Porto)

Zangado_colunista_do_Ópio

 

Zangado é um dos 7 anões da Branca de Neve e mesmo do Reino da Fantasia é o colunista especial do Ópio do Povo para assuntos da seleção brasileira.

Imagem: Grumy Git

Seleção inglesa na internet e nos cinemas

futebol_no_computador-web-internet-red-net

Ucrânia e Inglaterra se enfrentam neste sábado, dia 10, pelas eliminatórias pra Copa do Mundo de 2010.

A partida acontece na cidade de Dnepropetrovsk (Ucrânia), mas os ingleses não poderão assistir à sua seleção pela TV.

A Perform – empresa que assumiu os direitos de transmissão das partidas do English Team após a falência da Setanta, antiga detentora – não chegou a um acordo com os canais de TV britânicos.

Como o jogo pouco vale para a Inglaterra que já assegurou sua vaga na África do Sul, os valores propostos pelas televisões foi reduzido em 40% se comparado à ultima partida dos ingleses nas eliminatórias, o 5 X 0 contra a Croácia que garantiu a classificação.

royal_cinema-vintage_movie_theatre-cinema_antigoDescontente com a proposta, a Perform se negou a vender o jogo para a TV e a partida será transmitida apenas na internet e nos cinemas britânicos da rede Odeon.

Assistir o jogo pela rede custará 4,9 libras, mas o acesso é restrito ao Reino Unido. Clique aqui e confira. Já para ver o English Team nas telonas o valor é de 12 libras.

Parece que no sábado os torcedores ingleses terão que trocar a cervejinha do pub pela pipoca das salas de cinema.

Nós, do lado de cá do atlântico, poderemos acompanhar a partida ao vivo na ESPN Brasil, a transmissão começa a uma da tarde. Se a Ucrânia vencer a Inglaterra ultrapassa a Croácia na tábua de classificação e o time de Andriy Shevchenko só precisará vencer a inexpressiva Andorra para ir à repescagem européia.

Imagens: Peopleware e Blog do Inácio Araújo

Capello, o onipresente

fabio_capello-inglaterra-english_teamHá algumas semanas a Globo – querendo pagar pouco, jejejejeej – lançou a campanha O Melhor Emprego do Mundo que selecionará um jornalista formando ou recém formado para o cargo de correspondente internacional dos seus canais à cabo.

Ser correspondente deve ser legal mesmo, mas o melhor emprego do mundo – da perspectiva de um viciado em futebol – é sem sombra de dúvidas o do senhor Fabio Capello.

Neste fim de semana o técnico da seleção inglesa esteve em 4 estádios diferentes acompanhando partidas da Premier League. E não foram joguinhos quaisquer.

No sábado Capello visitou o noroeste inglês. Foi a Bolton assistir a partida do time local contra o Tottenham. Jogo pra lá de emocionante que terminou empatado em 2 X 2.

Logo depois o técnico do English Team estava no Old Trafford vendo Manchester United X Sunderland. Com um golaço do búlgaro Berbatov e outro golzinho chorado do lateral Evra aos 47 do segundo tempo, os Red Devils garantiram o empate em 2 X 2 e mantiveram um tabu que já dura 41 anos. A última vitória do Sunderland contra o United em Manchester foi em 1968.

Mas se o sábado já havia sido bom, o que falar do domingo?

Primeiramente Capello teve a oportunidade de acompanhar a melhor partida do fim de semana, Arsenal 6 X 2 Blacburn Rovers no Emirates Stadium, com direito a show dos comandados de Arsène Wenger. O passeio dos Gunners foi 6 X 2, mas não é nenhum exagero dizer que poderia ter sido 10 x 4 ou 11 X 5. Detalhe, 8 gols marcados por 8 jogadores diferentes, eu nunca havia visto algo assim. Jogo histórico, inesquecível! E tenho quase certeza que o treinador da seleção inglesa se lamentou demais por Cesc Fabregas ser espanhol, que maturidade aos 22 anos, que grande craque!

Fabio Capello saiu do Emirates e se dirigiu ao Stamford Bridge para assistir o clássico Chelsea X Liverpool. Mais uma grande partida que terminou com a vitória da equipe londrina por 2 X 0 com gols dos franceses Anelka e Malouda. E excepcional apresentação do ebúrneo Didier Drogba.

Pra muita gente o fim de semana de Fabio Capello pode parecer um martírio, sábado e domingo trabalhando, viagens e tal. Mas pra mim, um viciado em futebol, este fim de semana mais parece um sonho. Não bastasse, hoje à tarde provavelmente ele estará em Birmingham pra mais uma partida que promete, Aston Villa X Manchester City que fecha a rodada da Premier League.

Da onipresença do Capello fica um ensinamento; técnico de seleção tem que viver em estádio. É só no campo que se vê um jogo em sua perfeição. O treinador anão da nossa seleção por exemplo, raramente é visto nos estádios do Brasil e da Europa. É por esta e por outras que o English Team é meu favorito pra levar a Copa de 2010.

Imagem: Estadão

Felipão demitido do Chelsea

E não deu, a Scolari Family não pegou em Nothing Hill.

Felipão não é mais o técnico do Chelsea.

O anúncio oficial saiu agora há pouco, em nota no sítio do time londrino.

Aquele mesmo papo de sempre, agradecemos seu trablho, agregou muito ao clube, mas não dá mais.

No lugar de Felipão, quem assume o time temporariamente é o assistente técnico Ray Wilkins, ex jogador do clube de Stamford Bridge e do English Team

O certo é que Felipão vinha balançando há tempos. Uns dizem que pelos resultados, outros por boicote do grupo. Ainda tem aqueles que acreditam que o maior empecilho foi a língua e aqueles que pensam que o grande problema foi o estilo paizão do gaúcho.

Felipão está agora disponível no mercado. E a pressão aumenta em cima de Dunga.

The Scolari Family no Chelsea:

36 jogos – 20 vitórias – 11 empates – 5 derrotas – 65,74% de aproveitamento

Rooney & Shrek

rooneyshrekcarad1

Os criadores podem até alegar que qualquer semelhança não passe de mera coincidência

Mas vamos falar sério, até na personalidade, na atitude – nas telas e nos gramados – eles se parecem.

E pra quem acha que este post é fruto de antipatia, aqui está o que penso sobre Rooney.