Conta Gotas 4

De cor e salteado

conta gotas opio laudanoHéber Roberto Lopes, que apitou a primeira partida das finais da Copa do Brasil, decorou muito bem a tabuada dos cartões amarelos. O Timão tinha 5 pendurados, Elias, Cristian, Chicão, Jorge Henrique e Souza e o cover do Colina poupou a quase todos da suspensão. Elias fez 6 faltas só no primeiro tempo, motivo mais que justo pra levar seu amarelinho. E que não venham me chamar de purista, um jogador não pode fazer 6 faltas em um tempo, é demais. Mas Héber não deu. Chicão fez uma falta em Taison na risca da grande área, possível situação de gol que acabou em infração sem cartão. Jorge Henrique também merecia o seu pela quantidade de faltas. Dos titulares só Cristian se cuidou durante o jogo e não mereceu o cartão. Pra não ficar feio e não dar na cara demais, no fim da partida o juizão soltou o cartão em Souza que está fora do jogo em Porto Alegre. O que sejamos sinceros, não faz a menor diferença.  Parece que quem amarelou mesmo foi o Héber.

Gordo, gripado e goleador

conta gotas opio laudanoMesmo gordo, gripado e sem ritmo Ronaldo foi decisivo na primeira final da Copa do Brasil. No primeiro tempo perdeu um gol dentro da pequena área em uma grande intervenção do goleiro colorado, Lauro. No segundo tempo recebeu uma bola em velocidade nas costas do zagueiro Índio. O Fenômeno chegou na frente, deu um cortinho seco no zagueiro e finalizou com perfeição, forte e rasteiro no canto esquerdo de Lauro. Indefensável. Ronaldo não marcava há 5 partidas, mas apareceu quando devia. Dá-lhe Gordo!

E vale?

conta gotas opio laudanoCobrar falta com a bola rolando vale? Na final da Copa do Brasil valeu! O segundo gol do Timão surgiu de uma falta na intermediária que Elias bateu rápido, colocando Ronaldo na boca do gol. O único detalhe era que a bola estava rolando e isto não vale. O pior é que o árbitro Héber Roberto Lopes estava ao lado do lance, mas ao lado mesmo. Mas parece que não viu que a pelota não estava parada. Ou pelo menos não quis soprar o apito.

0 X 0 que classifica

conta gotas opio laudanoO Grêmio se garantiu na semifinal da Copa Libertadores depois de empatar sem gols com o Caracas da Venezuela em Porto Alegre. A classificação não foi tão fácil como esperava o torcedor tricolor nem tão difícil como sugere o placar. O time venezuelano assustou em uma bola no início do segundo tempo, mas foi só. O resto do jogo só deu Grêmio e mais uma vez o tricolor gaúcho perdeu um caminhão de gols. Máxi Barbie Lopes é dureza…

0 X 0 que elimina

conta gotas opio laudanoO Palmeiras está fora da Copa Libertadores. Depois de empatar em casa com o Nacional do Uruguai em 1 X 1, o Verdão foi a Montevidéu e não saiu do zero. A melhor chance foi na cabeça de Obina, mas a bola passou triscando a trave. O Palmeiras vinha se classificando na bacia das almas nesta Libertadores, milagres de Marcos e Cleiton Xavier. Mas desta vez não teve milagre e o time de Vanderlei Luxemburgo está de fora do torneio continental. Bom pro Nacional de Montevidéu que, depois de 20 anos, traz o futebol uruguaio de volta às semifinais da Libertadores.

Cansado de que?

conta gotas opio laudanoQue a temporada européia é extenuante, disto não tenho dúvidas. Mas só pros grandes times, praqueles que chegam longe nas copas nacionais e nos torneios continentais. Muitos jogadores da seleção do Dunga andam reclamando de cansaço. Entre eles o lateral Kléber e o meia Elano. Vale lembrar que Kléber joga no Inter de Porto Alegre, ou seja, ainda está no meio da temporada. E Elano, vamos falar sério! Elano foi reserva quase toda temporada de um time mediano que caiu cedo na FA e na Carling Cup, chegou as quartas da Copa da Uefa, mas Elano quase não atuou no continental. Reserva de um time pequeno que nem teve a temporada tão cheia. Tá cansado de que Elano?

Não dá pra confiar

conta gotas opio laudanoRecebo muita chiadeira da torcida colorada por criticar o treinador Tite. Mas realmente não dá pra confiar no professor de fala difícil. Ontem, na final da Copa do Brasil, só Tite não viu como o Magrão estava mal em campo. Não marcava, não criava e perdia muitas bolas no meio que viravam perigosos contra ataques corinthianos. Sem falar que Magrão pregou mesmo, no fim da partida não conseguia nem andar. Mas mesmo assim Tite preferiu sacar o outro volante, Sandro. Tite errou feio ontem e seus erros podem custar a taça. Outra do Tite que não dá pra entender. A base do Inter tem um dos centroavantes mais promissores do futebol brasileiro, o excelente  Wálter. Então por favor me expliquem, com Wálter na base, por que o Leandrão é quem fica no banco? Eu não entendo…

Imagem: Blog Josias de Souza
Anúncios

Conta gotas 3

São Marcos, padroeiro de Luxemburgo

conta gotas opio laudnoO Palmeiras perdeu para o Sport na Ilha do Retiro, 1 X 0, mas avançou na Copa Libertadores graças ao goleiro Marcos que pegou 3 cobranças na disputa de pênaltis. Sem falar nas defesas no tempo normal, salvador! Marcão salvou a pele do Luxemburgo que mexeu muito mal em sua equipe e quase entrega o jogo. Quando o Palmeiras dominava a partida prendendo a bola no campo ofensivo, Luxemburgo sacou Diego Souza – que era justamente quem segurava a bola na frente – pra colocar o volante Mozart e também tirou Keirrison pra colocar Ortigoza. O Sport ganhou terreno, fez 1 X 0 e se não fosse Marcos desviar um chute de Ciro já no apagar das luzes, a vaca teria ido para o brejo… ou para o mangue.

1 X 0 sem futebol

conta gotas opio laudnoO Cruzeiro passou pelo Universid de Chile no Mineirão sem precisar se esforçar. Pra dizer a verdade, ganhou sem jogar. O time celeste entrou em campo e deixou o tempo passar. Os chilenos também não queriam jogar, o negócio deles era porrada. Então o Cruzeiro ficou lá, sem forçar o jogo, sem fazer nada. No fim, Kléber marcou um gol só pra não ficar chato.

O Desespero do Fred

conta gotas opio laudnoApós a derrota do Flu por 1 X 0 para o Corinthians no Pacaembu, pelas quartas de final da Copa do Brasil, Fred demonstrou um certo desespero na coletiva. “Lá no Maracanã o Fluminense tem que partir pra cima, o Fluminense é time grande”, repetia isto sem parar, oito, nove vezes. A cada semana o Fluminense ganha mais a cara do seu treinador. Ou seja, o Flu está a cada dia mais burocrático, com o futebol mais amarradinho do que nunca. Dá-lhe Parreira!

Simplicidade X Extravagância

conta gotas opio laudnoEm São Januário o Vasco meteu 4X0 no Vitória, jogo válido pela Copa do Brasil. Como bem definiu o PVC na Espn Brasil, foi a vitória da simplicidade sobre a extravagância. Carpeggiani quis tanto dar um nó em Dorival Júnior que confundiu até seus jogadores. Já o técnico vascaíno não tentou surpreender, entrou com o time do mesmo jeito que vinha jogando, desde o início da temporada. Agora vai a Salvador praticamente classificado para a semifinal, simples assim.

Poucos e perigosos, muitos e inofensivos

conta gotas opio laudnoA partida entre Flamengo e Inter no Maracanã foi muito interessante. Daqueles 0 X 0 gostosos, onde a todo momento o narrador está gritando o nome do goleiro. Mas o melhor do jogo foi o contraste tático das equipes. De um lado o Colorado que ataca com pouquíssimos jogadores, mas mesmo assim é um temor para as defesas adversárias. Os gaúchos tem um trio ofensivo de dar inveja a qualquer time com Taison, D’Alessandro e Nilmar, mas é difícil ver outros jogadores se aproximando do trio letal. Raramente os laterais sobem e raramente os volantes chegam como surpresa. Do outro lado o Flamengo que ataca com o time inteiro, mas não consegue marcar gols. Vamos ver como será no estádio da Beira Rio

Imagem: Blog do Josias de Souza

Ronaldo e sua mudança de hábito

Nem vou comentar o vídeo, até porque ainda estou rachando e não consigo escrever muito.

Mas só pra constar, a dica é do Dudu Monsanto da Espn Brasil

A adaptação e a arte ficam por conta do Carlos Fernandes que mantém o canal Showpage no Youtube.

Créditos dados, é hora de rir!

Aula de costura

Sem medo de errar o gol do Nilmar foi o que de melhor aconteceu na 1ª rodada do Brasileirão 2009

Já vi o gol umas 30 vezes ontem e mais umas 40 hoje; e até agora não me cansei. Uma verdadeira aula de costura!

Assim como ainda não consegui definir se Nilmar driblou 6 ou 7 jogadores corintianos

Golaço antológico do centroavante colorado que joga muito! Jogada digna dos grandes monstros da bola, assinada por ele, Nilmar.

O gorducho fenomenal estava lá, assistindo a tudo de camarote.

Viu a jogada, o gol. E logo depois foi embora.

Não sei se com raiva, afinal era um gol contra seu time, contra seu companheiros. Talvez Ronaldo tenha saído do Pacaembu morrendo de inveja, a jogada foi tão bela que poderia muito bem ser dele, há mais ou menos uns 15 anos é verdade, nos tempos de CruzeiroPSV ou de Barça.

Mas acho que Ronaldo foi embora mesmo para que pudesse, longe da Fiel, apaludir a pérola do atacante do Inter.

Pra quem gosta de futebol, impossível não se encantar com este gol. 

Jogador de beicinho

beicinhoviradoThiago Neves está de volta ao Fluminense. O jogador foi apresentado ontem nas Laranjeiras e fica no tricolor até o dia 2 de julho, emprestado pelo Al-Hilal da Arábia Saudita.

Há cerca de 6 meses o meia-atacante foi vendido pelo Flu ao Hamburgo da Alemanha por 9,2 milhões de euros. Agora volta ao time carioca emprestado pelo Al-Hilal que pagou 7 milhões de euros pelos direitos do jogador.

Thiago chegou a Alemanha e pouco jogou, algo absolutamente normal no futebol alemão. Com uma escola de futebol bem definida e bem própria, jogadores latinos geralmente são recebidos com um certo grau de tolerância, paciência e, até mesmo, cuidado durante os primeiros meses de adaptação. Mas Thiago Neves não soube esperar, e logo fez beicinho.

Com o velho discurso do não sou aproveitado, não me querem aqui, o jogador começou a forçar a barra pra sair do Hamburgo. O time alemão rejeitou os mesmos 7 milhões oferecidos pelos sauditas, a diretoria ressaltou a confiança no meia e então o que ele fez?

Desapareceu dos treinamentos. Aí não restou outra saída ao Hamburgo se não vendê-lo ao Al-Hilal. Não bastasse a molecagem de sumir, Thiago Neves impôs uma condição ao negócio: ser emprestado a algum time brasileiro e assim ficar mais perto (devaneio do jogador) da seleção.

Os sauditas aceitaram e Thiago Neves já chegou ao Flu dizendo que tentará prorrogar o empréstimo até o fim do ano. Parece brincadeira, mas não é. E não surpreende vindo dele. O jogador teve uma saída conturbada do Figueirense e acabou assinando um contrato com o Palmeiras e outro com o Fluminense.  E mesmo a saída do tricolor, no meio do ano passado, foi um tanto quanto forçada pelo atleta.

Ponto alto da apresentação nas Laranjeiras ontem:

Não me sinto desvalorizado não. Sei que estou dando um passo pra trás agora pra dar dois pra frente depois.

Como prêmio pela infeliz declaração o meia-atacante recebeu um beijo do presidente Roberto Horcades, aquele mesmo que diz que as mulheres têm 2 neurônios. Será que o senhor Horcades não percebeu a gafe?

mimada pnMas ser birrento, mimado, não é privilégio de Thiago Neves. Jogadores bem menos e bem mais expressivosque ele também se utilizam da tática do beicinho quando anseiam por uma transferência.

Robinho é um deles. Lembro-me bem da novela que foi sua saída do Santos. Simplesmente parou de jogar, voltou, parou de novo. Pra sair do Real então, nem se fale. Ficou com aquele papo, aqui não gostam de mim, quero ir pro Chelsea, acabou no Manchester City.

Roni, que hoje atua no mesmo Santos, já defendeu 13 camisas em 14 anos como profissional. E onde vai arruma um problema.

O fenômeno Ronaldo também é exímio em fazer biquinho. Foi assim pra sair do Barça, pra sair da Inter, pra sair do Real.

Resta ver até quando o mercado do futebol – ainda milionário, mas cada dia menos – vai suportar as birras e pirraças dos boleiros. Se é que um dia vai deixar de passar a mão nestas cabecinhas mimadas.

Fiel Fenomenal

ronaldo-camiseta-corinthians

O Corinthians fechou a contratação do atacante Ronaldo Fenômeno.

O anúncio foi feito na tarde desta terça feira.

O departamento de marketing do Parque São Jorge havia definido, em novembro, que o clube faria uma contratação bombástica para movimentar o mercado neste fim de ano.

Rosemberg e sua turma fizeram então uma lista.

Levaram a idéia pro Mano e mandaram ele escolher um entre vários nomes.

A lista tinha Ronaldo, Liédson (Sporting), David (Fener), Alex (Fener), o pacote Mineiro (Chelsea)-Josué (Wolfsburg), Marcos (Palmeiras), Teves (Manchester United), Juninho Pernambucano (Lyon), Fred (Lyon), Elano (Manchester City) e até o holandês Edgar Davids (sem clube).

Mano disse: Eu quero o Tcheco! Mas não se opôs ao Fenômeno, quando consultado.

E hoje Ronaldo foi anunciado. 

É de longe a contratação mais barulhenta do futebol brasileiro neste século

Comparada somente ao retorno de Romário ao Brasil em 1994. Aliás, ano em que Ronaldo deixou o futebol brasileiro.

Só na tarde de ontem a diretoria corintiana contabilizou em seus cofres a entrada de 25 mil reais referente às vendas da nova camisa 9.

E vamos combinar, se Ronaldo jogar, 15 partidas que sejam, serão 15 dias de sonhos para a Fiel.

Tempos Modernos

Ronaldo já havia declarado que no Brasil só jogaria no Flamengo, clube do coração.

Mas o que o Fenômeno não imaginava é que Márcio Braga se rebelaria contra a toda poderosa Nike.

E sem a fabricante estadounidense o sonho do Ronaldo Rubro Negro ficou impossível.

Isto porque  – embora seja remunerado, e muito bem – o atacante é uma espécie de escravo moderno.

Milionário e mundialmente famoso, Ronaldo não pode escolher onde quer jogar.

Não é livre, mesmo com toda grana, mesmo com toda fama.

É mais uma destas distorsões malucas só possíveis no mundo de hoje.

Só contrata o Fenômeno quem carrega a Nike no peito.