Maradona X Leda Nagle

maradona-leda_nagle-cara_de_um_fucinho_do_outro

Quem acompanha o Ópio sabe que eu não engrosso o coro daqueles que se deliciam com a possibilidade da Argentina ficar fora da Copa. Pra mim seria uma lástima para o futebol.

Também não sou daqueles que torcem para o insucesso de Diego Maradona no comando da alvi celeste. O respeito muito, afinal, Maradona foi um dos ídolos futebolísticos de minha infância e, seguramente, o melhor jogador que eu vi jogar. Com a bola nos pés era absurdamente fantástico.

Assim como também não tenho absolutamente nada contra a jornalista juiz forana Leda Nagle que, de certa forma, também fez parte dos meus anos infantis já que minha avó era uma assídua expectadora do Sem Censura, da antiga TVE do Rio, atual TV Brasil. Além de ser prima do Gabeira e dona da famosa tanguinha com a qual o primo fez sua primeira aparição nas praias brasileiras pós exílio.

Então este post é só uma brincadeira, sem maldade, sem segundas intenções.

Mas cá pra nós, que o Maradona e a Leda Nagle estão cara de um fucinho do outro, disto não tenho dúvidas.

Imagens originais: Leila Cordeiro – Diário de uma repórter e globoesporte.com
Anúncios

Comentário Infeliz

Do candidato a prefeitura do Rio, Eduardo Paes, sobre Fernando Gabeira:

“O Gabeira não sabe o que vai fazer com a cidade no dia seguinte que assumir. Não apresentou nenhuma proposta concreta. Ele comenta as minhas propostas, virou um comentarista,  o João Saldanha da política”.

Eduardo Paes, ex secretário de Esporte do Estado do Rio de Janeiro, deveria conhecer melhor João Saldanha, figura tão importante na história política, cultural e esportiva da capital fluminense.

Paes, que quer dirigir a Cidade Maravilhosa, tem a obrigação de saber que aquele não era apenas um João

 

Salve o Mestre João!

Salve o Mestre João!