Tardelli X Tortuguita

A última semana foi especial para Diego Tardelli.

Um gol na primeira final do Campeonato Mineiro contra o Ipatinga e vitória do Galo por 3 X 2.

Depois, 3 gols contra o Santos pelo jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil e o mesmo placar, Galo 3 X 2.

E mais um gol na decisão do mineiro em nova vitória atleticana sobre o Ipatinga, 2 X 0 que garantiu o 40º título estadual para o Galo, maior campeão das alterosas, pelo menos quando o assunto é regional.

Quando via pedaços da decisão mineira com minha mãe, ela me chamou a atenção para uma semelhança.

Tardelli é a cara da Tortuguita, aquela do chocolate que leva o mesmo nome da Arcor.

Não tive dúvidas, tinha que virar Cara de Um, Fucinho do Outro.

Imagens Originais: Rede Record e Arcor
Efeitos: Picnik

Vieri pode jogar Paulistinha 2010

bobo_vierri_azzurra

Quando ouvi a notícia confesso que cheguei a questionar minha sobriedade, seria mais um flashback lisérgico???

Não, não haviam drogas nem delírios, pelo menos não de minha parte.

Embora ainda não seja certo, a história existe mesmo e foi confirmada no Bate Bola da ESPN Brasil pelo presidente do Botafogo de Ribeirão Preto, Luiz Antônio Pereira.

O aposentado Christian Vieri il Bobo –  pode mesmo jogar o campeonato paulista do ano que vem… e pelo Botafogo de Ribeirão Preto!

De acordo com o sítio oficial do Botinha, as negociações se desenvolvem há cerca de 60 dias e o jogador italiano já teria até assinado um pré contrato com a Pantera da Mogiana.

Eu nunca fui fã do Vieri, sempre o achei um jogador de força e nada mais. Sem falar no uso excessivo dos cotovelos, algo que realmente abomino. Mas mesmo assim reconheço seus dotes de goleador.

Ao longo de sua carreira em clubes, o Bobo Vieri balançou as redes 185 vezes em 330 partidas e pela Azzurra foram 23 gols em 49 jogos, sendo 9 destes tentos em Copas do Mundo (5 em 1998 e 4 em 2002 – 9 gols em 9 partidas de Copa não é pra qualquer um). Números indiscutivelmente muito bons!

Mas desde a temporada 2002/2003, quando jogando na Inter de Milão marcou 24 gols em 23 partidas pela liga italiana, ele não consegue convencer.

2003/2004 – Inter de Milão – 13 gols em 22 jogos
2004/2005 – Inter de Milão – 13 gols em 27 jogos
2005/2006 – Milan – 1 gol em 8 jogos
2005/2006 – Mônaco – 3 gols em 7 jogos
2006/2007 – Atalanta – 2 gols em 7 jogos
2007/2008 – Fiorentina – 6 gols em 26 jogos
2008/2009 – Atalanta – 2 gols em 9 jogos

A minha dúvida quanto ao Vieri é a mesma que eu tinha em relação ao Ronaldo – logicamente sem comparações, as proporções são as mesmas, Ronaldo está para Vieri assim como o Corinthians está para o Botafogo de Ribeirão Preto.

Se ele jogar, se as contusões não atrapalharem, seguramente Vieri será muito útil ao Botinha. Tanto dentro de campo – afinal, estes times pequenos do interior sempre têm sua cota de velhinhos e o Bobo, com 36 anos, já mostrou que sabe fazer gols – como fora dele, pois ninguém pode dizer que a suposta contratação não é uma grande jogada de marketing.

E te digo mais, se ele fizer uns golzinhos no Paulista não duvido nada que após o regional apareça na série A do Brasileirão.

Abaixo, aquele que – para mim – é o melhor gol da carreira de Christian Vieri. No Vicente Calderón, jogando pelo Atlético de Madrid contra o Paok da Grécia, pela Copa da Uefa 1997/1998. Vale a pena conferir!

Imagem: Bobo Vieri mister 90 miliardi
Canal do Youtube: takischris

Cala a boca Zangado!

leonidas_da_Silva - bicicletaContra a história não há argumentos e a seleção brasileira fez história na tarde deste sábado.

4 X 0 contra um cambaleante Uruguai no mítico Estádio Centenário de Montevidéu, palco onde brilharam alguns dos maiores jogadores do futebol mundial, Jose Leandro Andrade, Pedro Cea e Obdulio Varela, pra ficarmos só em 3 exemplos.

Foi a maior derrota da celeste no Centenário, batendo o 4 X 1 pra Alemanha em 1981.

E foi a 3ª vitória brasileira sobre o Uruguai no estádio que cediou a final da Copa do Mundo de 1930.

A 1ª vitória verde e amarela foi na lendária Copa Rio Branco de 1932, torneio imortalizado nas letras do mestre Mário Filho. 2 X 1 com 2 gols do Diamante Negro Leônidas da Silva que estreava com a amarelinha.

A segunda vitória brasileira no Centenário veio em 76, com mais um gol de estreante. Debut de Zico na seleção e 1 X 0 com gol dele.

A vitória histórica de hoje marcou mais uma estréia, a de Ramires, sem gol. Tomara que não seja só uma coincidência, mas um presságio de que Ramires tenha uma longa e vitoriosa história na seleção brasileira.

Como disse no início do post, contra a história não há argumentos.

Hoje não tem cornetada, calo minha boca… até quarta.

∞ Zangado é um dos 7 anões que acompanham a Branca de Neve e escreve para o Ópio do Povo quando o assunto é seleção brasileira.

Imagem: CBF

Atacante Souza à venda no Mercado Livre

Se você é Flamenguista e anda descontente com Obina, Josiel e companhia, veja a solução encontrada por um torcedor corintiano

O usuário do Mercado Livre, T.Fiel, colocou o atacante Souza a leilão no famoso sítio de vendas on line.

A descrição do produto é a seguinte:

Atacante em bom estado (estoque de gols guardado)

Não gastou até agora mais que 2 gols. 

Pode ser usado também como:

Totem, espantalho ou enceradeira.

Preço para o lance inicial,

1 real!

Mais maldade ainda são as ofertas de troca,

jegue cego sem perna, chaveiro com cortador de unha, um primo do Tévez e, claro, Obina.

Que dureza!  

Clique na imagem abaixo e dê seu lance!

atacante souza do corinthians no mercado livre

Só pra constar, vi a notícia no Bate Bola da Espn Brasil.

Negócio da Ucrânia

kyivO Cruzeiro negociou o atacante Guilherme com o Dínamo de Kiev. 5 milhões de euros mais o também atacante Kléber, que jogou o último brasileirão pelo Palmeiras

Tecnicamente me recuso a compará-los, Guilherme é infinitamente superior na categoria, no trato na bola. O maranhense tem um poder de definição dentro da área muito acima da média e é decisivo como poucos. Pra se ter uma idéia Guilherme, nos clássicos contra o Galo, balançou as redes 6 vezes em 8 jogos, uma média de 0,75 gols por partida. Não tenho dúvida que Guilherme é muito mais jogador que Kléber.

Mas como comentava com amigos cruzeirenses, também não tenho dúvida de que o ex atacante palmeirense é um excelente jogador e que é muito, mas muito mais comprometido com a causa. Brigador e muito forte, Kléber incomoda incessantemente os zagueiros adversários. Não faz tantos gols como Guilherme, mas cria muitas situações para o time e ainda ajuda bastante na marcação.

Por isto o negócio, no plano esportivo, foi muito bom para o Cruzeiro. 

No âmbito econômico não foi o negócio das arábias, nem o da China, é verdade. Mas foi lá um negócio da Ucrânia. Antes que me chamem de louco temos que lembrar que dos 5 milhões de euros o Cruzeiro tem direito a 2,125 milhões, o equivalente a 42,5% dos direitos do atleta que era detentor de 15%. Os outros 42,5% eram de um grupo de investidores.

Com a transferência para o Zaragoza da Espanha, o Cruzeiro receberia 3,850 milhões de euros. Kléber será apresentado ainda esta semana e deve assinar contrato por 5 anos.