Negócio da Ucrânia

kyivO Cruzeiro negociou o atacante Guilherme com o Dínamo de Kiev. 5 milhões de euros mais o também atacante Kléber, que jogou o último brasileirão pelo Palmeiras

Tecnicamente me recuso a compará-los, Guilherme é infinitamente superior na categoria, no trato na bola. O maranhense tem um poder de definição dentro da área muito acima da média e é decisivo como poucos. Pra se ter uma idéia Guilherme, nos clássicos contra o Galo, balançou as redes 6 vezes em 8 jogos, uma média de 0,75 gols por partida. Não tenho dúvida que Guilherme é muito mais jogador que Kléber.

Mas como comentava com amigos cruzeirenses, também não tenho dúvida de que o ex atacante palmeirense é um excelente jogador e que é muito, mas muito mais comprometido com a causa. Brigador e muito forte, Kléber incomoda incessantemente os zagueiros adversários. Não faz tantos gols como Guilherme, mas cria muitas situações para o time e ainda ajuda bastante na marcação.

Por isto o negócio, no plano esportivo, foi muito bom para o Cruzeiro. 

No âmbito econômico não foi o negócio das arábias, nem o da China, é verdade. Mas foi lá um negócio da Ucrânia. Antes que me chamem de louco temos que lembrar que dos 5 milhões de euros o Cruzeiro tem direito a 2,125 milhões, o equivalente a 42,5% dos direitos do atleta que era detentor de 15%. Os outros 42,5% eram de um grupo de investidores.

Com a transferência para o Zaragoza da Espanha, o Cruzeiro receberia 3,850 milhões de euros. Kléber será apresentado ainda esta semana e deve assinar contrato por 5 anos.

Anúncios

Artilheiro é pra Decidir

 

Ele decide...

Ele decide...

A torcida do Cruzeiro adora vaiá-lo.

Boa parte da China Azul até hoje não engole o desentendimento com Roni em 2007.

Mas a verdade é que Guilherme é muito bom!

Tem uma visão privilegiada do jogo. 

E em espaços reduzidos, define como poucos.

Guilherme é decisivo. Aparece naquelas horas reservadas aos iluminados.

Ontem foi assim. Deu assistência, fez gol. Acabou com o Grêmio.

Em 8 jogos contra o Galo marcou 6 vezes. A melhor média da história do clássico.

Jogador de fibra, embora transpareça frieza.

Mas na hora da onça beber água, quem aparece é Guilherme.

É por isso que eu gosto!

E olha que quem escreve tem o coração alvi-negro.

Quem vai levar?

O Brasileirão 2008 chegou em sua reta final.

Faltando 10 rodadas ninguém se desgarrou ainda e a pergunta que fica é:

QUEM VAI LEVAR O BRASILEIRÃO?

O Ópio do Povo analisa as chances de cada um e dá o seu pitaco nesta briga:

Continue lendo