Futebol de primeira na segunda!!!

Trilha Sonora: Strange Fruit – Billie Holiday
Composição: Lewis Allan
radinho_de_pilha_do_ópio

billie-holidayEste fim de semana fiquei completamente afastado do futebol.

Eu e a Val fomos para o Festival de Jaz de Ouro Pretoque em sua 8ª edição homenageava a inigualável Billie Holiday – e não vi um único joguinho sequer. Não entrei na internet pra ver resultados, não vi os gols da rodada, necas de pitibiriba.

Acho que desde que voltei ao Brasil isto não acontecia.

Hoje quando cheguei em casa fui seco ligando a TV na ESPN Brasil e, pra minha alegria, começava o VT do derby de Manchester, a partida que eu mais queria ver no fim de semana.

Como já disse eu não sabia o resultado da partida – de nenhuma partida – e o que vi foi um verdadeiro deleite, jogaço! Um daqueles duelos inesquecíveis, capazes de reacender a paixão pela bola do mais desiludido dos torcedores.

O clássico estava empatado até os 35 do segundo tempo quando Darren Fletcher colocou os Diabos Vermelhos na frente. Aos 48 Craig Belamy voltou a empatar o jogo para o City numa pixotada incrível do zagueiro Rio Ferdinand.

E quando todos pensavam que a partida terminaria em igualdade, renascido das cinzas apareceu Michael Owen que marcou o 4º gol e garantiu a vitória do United.

Final, Manchester United 4 X 3 Manchester City.

Um jogo pra tirar o fôlego até em VT! E como bem disse o Juca no Linha de Passe da ESPN, o amor pelo futebol das crianças inglesas que viram o confronto está garantido pelos próximos 50 anos. Incondicionalmente!

Abaixo você pode ver os melhores momentos do memorável jogo!

Antes só dois destaques galeses: O 1º gol de Craig Belamy – 2º do City na partida – verdadeira obra prima! E a exuberante apresentação do grisalho Ryan Giggs. À beira dos 36 anos esbanjou categoria!

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

mais sobre “Manchester United 4 – Manchester City…“, postado via vodpod
Imagem: How To Be a Diva – The Drama Queen Guide
Anúncios

O Primeiro Tri a Gente Nunca Esquece

6-3-3

Em toda sua grandeza o São Paulo nunca conseguiu um tri campeonato.

De nada.

Nem paulistinha, nem Rio-São Paulo, nada.

Vai estrear a Galeria dos Tris em grande estilo. 

O primeiro Tri Brasileiro

O primeiro Hexa.

Imagem: GuedexBlog do Juca

Juca Entrevista Sorín

juca entrevista sorin

Pra quem gosta de um bom papo, independente da paixão clubística, vale a pena conferir!

Juca Kfouri recebe o argentino Juan Pablo Sorín em seu programa de entrevistas na ESPN.

Sorín é um jogador que fora de campo está muito acima da média.

E o Juca dispensa comentários…

Hoje, dia 20, na ESPN – 9 da noite

O Bairrismo Levado a Sério

Ontem o Juca postou que neste domingo torcerá para o Hamilton.

Foi praticamente linchado virtualmente.

E eu me pergunto, por que tanto bairrismo?

Se a Fórmula 1 não é uma disputa de Nações, porque temos que torcer para um brasileiro?

Nem Brasil, nem Inglaterra serão campeões.

As glórias serão dos construtores, dos pilotos.

O país é um mero detalhe, um chamariz para as grandes massas.

Hoje resolvi ver o treino pela TV… Pieguice ao extremo…

Felipe Massa é o Brasil na borracha do pneu! Só faltou essa…

A Rede Globo, contrariando seu próprio nome, leva o bairrismo a sério.

E o país, cordeirinho, obedece…

 

Enfim, Penta!

O Flamengo será finalmente reconhecido pela CBF como penta campeão brasileiro.

Depois de 21 anos parece que o imbróglio da Copa União chegará ao fim e o título do Módulo Verde será finalmente validado.

A notícia é do jornalista Gilmar Ferreira e foi reverberada pelo Juca.

Na próxima semana, por intermédio do Clube dos 13, um documento assinado por dirigentes de vários times será entregue ao presidente da CBF, Ricardo Teixeira.

Este documento reconhece a divisão do título de 87.

O Sport, vencedor do Módulo Amarelo e até hoje o campeão único de 87 legitimado pela CBF, aceitou assinar o documento.

Em troca o time pernambucano ingressará no Clube dos 13, o que representará incremento em sua receita com maiores cotas de televisão e mais poder político. 

Pode até ser uma vitória econômica ou política do rubro-negro pernambucano.  Mas é uma vitória de Pirro.

A decisão é um tiro no pé da fanática torcida do Leão que durante 21 anos defendeu com tanta veemência o título da Copa União.