O Rei do Pedaço

leao bravoLeão chegou ao Galo e, como quase sempre faz, adentrou ao saloon atirando no xerife.

A primeira atitude como novo treinador atleticano foi dispensar Petkovic e César Prates.

E já advertiu o maior ídolo da massa alvinegra.

Se Marques não for útil dentro de campo também não fica pra 2009.

Leão, como animal dominante que é, tem este costume.

Em 97, quando chegou ao Galo pela primeira vez, afastou o tetra campeão mundial e maior ídolo da torcida, o goleiro Taffarel.

No Corinthians de Teves não foi diferente. Tirou a braçadeirade capitão do argentino com a indelicada justificativa de que ninguém entendia o que dizia Carlitos.

Leão não suporta dividir as atenções, tem que ser o centro de tudo. Combina bem com um time de jovens valores, sem grandes medalhões, como é o Galo.

A massa alvinegra só espera que o treinador não implique com Renan Oliveira, o jogador mais promissor deste modesto time.

xerife lego

Anúncios

Rugidos e Cocoricós

leao galoLeão será o novo treinador do Galo. A apresentação acontecerá nesta terça, às 15 da tarde.

A coletiva do treinador será transmitida ao vivo na internet pelo Portal Uai.

É a 3ª vez que Leão dirige o Galo.

A primeira foi em 97 e rendeu ao alvinegro mineiro os títulos da Copa Conmebol e a Copa Centenário de Belo Horizonte.

A segunda foi em 2007, o técnico chegou, o Galo se livrou do rebaixamento e de quebra se classificou para a sul americana deste ano.

Ao todo Leão dirigiu o Galo 69 vezes. Foram 33 vitórias, 17 empates e 19 derrotas.