Robinho escrevendo o futuro

Que os jogadores brasileiros estão em baixa na Europa, isto não é novidade pra ninguém.

Com exceção do trio interista – Júlio César, Maicon e Lúcio – nenhum brasileiro se destacou nos campeonatos no velho continente nesta temporada.

Uma coisa que mostra esse período de baixa, os brasileiros ficaram de fora da principal peça da campanha Escreva o Futuro, da Nike.

Mas ontem, um dia antes da estréia brasileira na Copa, a Nike soltou um vídeo da campanha com Robinho.

O destaque da peça é a dancinha de Ganso e Neymar pra comemorar o gol do companheiro de Santos.

Estes dois, e alguns outros mais, poderiam muito bem estar na África do Sul. Mas não estão. Então aguentemos Felipe Melo e companhia.

Canal do Youtube: Nike Futebol
Anúncios

11 candidatos à craque da Copa

Cristiano Ronaldo

Cristiano Ronaldo dispensa apresentações. Se Portugal fizer uma boa Copa com certeza ele será um dos protagonistas. Principalmente depois do corte de Nani, todo esquema ofensivo dos lusitanos passa pelo craque do Real Madrid.

Drogba

Drogba é um dos melhores atacantes do mundo e teve uma temporada excelente no Chelsea. Mesmo com o cotovelo quebrado, o centro avante marfinense é um perigo. E Se a Costa do Marfim chegar longe será através de seus gols.

Júlio César

Em uma seleção onde o talento é reduzido, geralmente o brilho recai no sistema defensivo. Ainda mais se seu goleiro é Júlio César. Eu não acredito no Brasil, mas caso o penta vire hexa, Júlio César é o grande candidato à herói.

Maicon

Além de Júlio César, só vejo mais um brasileiro com chances de faturar o título de craque da Copa. E é seu companheiro de Internazionale, Maicon. O lateral vive fase estupenda e hoje é o melhor jogador de linha da pobre seleção do técnico anão.

Messi

Não importa quem ganhe o prêmio da Fifa ou da France Football, Messi é o melhor jogador do mundo, e sobre isto não há discussão. Na África do Sul a pulga terá a chance de mostrar que tembém pode brilhar pela Argentina, mesmo longe de Xavi, Iniesta e companhia. Continue lendo

Os Melhores da Champions

No último sábado, 22 de maio, a Internazionale de Milão sagrou-se campeã da Uefa Champions League ao vencer o Bayern de Munique por 2 X 0 no Santiago Bernabéu, em Madrid.

A Uefa ainda não divulgou a lista dos melhores da competição, mas eu lanço agora a minha.

Seleção da Uefa Champions League – 1º Time (4-2-4)

Seleção da Uefa Champions League – 2º Time (4-1-3-2)

Melhor Jogador – Lionel Messi (Barcelona)

Jogador Revelação – Keisuke Honda (CSKA)

Melhor Goleiro – Júlio César (Inter de Milão)

Melhor Defensor – Maicon (Inter de Milão)

Melhor Meio de Campo – Xavi (Barcelona)

Melhor Atacante – Lionel Messi (Barcelona)

Melhor Técnico – José Mourinho (Inter de Milão)

Técnico Revelação – Laurent Blanc (Bordeaux)

Jogador que Mais Evoluiu – Pedro Rodríguez (Barcelona)

Equipe Revelação – Bordeaux (França)

Equipe que Mais Evoluiu – Inter de Milão (Itália)

Imagens Originais: Sewu Biz, Uefa, Abril, Ole Ole, Negócio Ganhar Dinheiro, Les Transferts e Renascença
Efeitos: Picnik

A Inter tem mais time, mas o Bayern tem o craque

Amanhã, 22 de maio, Internazionale de Milão e Bayern de Munique decidem a Uefa Champions League no Santiago Bernabéu, em Madrid.

9 em cada 10 pessoas que eu converso apostam no time italiano. A exceção geralmente sou eu.

Concordo que a Inter tenha mais time. Também tem o melhor técnico e leva na bagagem a desclassificação dos dois grandes favoritos ao título, Barcelona e Chelsea, pra mim, os dois melhores times do mundo.

A Inter também tem o decisivo Samuel Eto’o e uma defesa que é um verdadeiro paredão com Júlio César no gol, Maicon, Lúcio, Samuel e, provavelmente, Chivu na lateral esquerda. Também tem Cambiasso e Milito em ótima fase.

A Inter tem tudo isto, e não nego. Mas o Bayern tem o craque, o jogador mais capaz de decidir um título. Falo de Arjen Robben.

O holandês reencontrou no Bayern seu melhor jogo, o futebol que encantou o mundo em sua primeira temporada no Chelsea. Arisco, agressivo, driblador e – agora na Alemanha – letal. Robben não está jogando como jogava no Chelsea, está melhor. Sua finalização melhorou demais e a categoria segue a mesma de sempre.

A Inter tem o melhor time, tem mesmo. Mas o Bayern tem o craque. E em uma decisão eu aposto nos craques. Por isto meu palpite é que o Bayern de Munique será o novo campeão europeu.

Imagem: UEFA

Com surpresa e sem brilho

Na última terça feira, 11 de maio, Dunga convocou a Seleção Brasileira que disputará a próxima Copa do Mundo, na África do Sul.

Teve surpresa, pelo menos pra mim. Gomes (Tottenham) entrou na vaga de Víctor (Grêmio) e Adriano (Flamengo) perdeu o lugar para Grafite (Wolfsburg).

Estas duas mudanças me surpreenderam, não pelo aspecto técnico. Gomes merece, e muito, a convocação. Fez uma temporada muito boa com o Tottenham que conseguiu a classificação para a próxima Champions League, algo que não acontecia há 49 anos.

A convocação do Grafite eu já defendo faz algum tempo. Um jogador que consegue mesclar força e velocidade, e que tem faro de gol. Mas acho que seu melhor momento já passou. Na temporada passada, quando Grafite destruiu levando o Wolfsburg ao título da Bundesliga e de quebra foi o artilheiro da competição, ele não teve sua chance. Mas depois de uma temporada sem muito brilho, a atual, Grafite garantiu seu lugar na Copa. Vai entender né?

As surpresas aconteceram, mas não foram as que eu e muita gente esperava. As mudanças pouco alteraram e continuamos com um time sem brilho, sem magia. A Seleção Brasileira mais alemã de todos os tempos.

Os 23 de Dunga

Goleiros

Julio César (Inter de Milão), Gomes (Tottenham), Doni (Roma)

Laterais

Maicon (Inter de Milão), Daniel Alves (Barcelona), Michel Bastos (Lyon), Gilberto (Cruzeiro)

Zagueiros

Lúcio (Inter de Milão), Juan (Roma), Luisão (Benfica), Thiago Silva (Milan)

Meio-Campistas

Felipe Melo (Juventus), Gilberto Silva (Panathinaikos), Ramires (Benfica), Elano (Galatasaray), Kaká (Real Madrid), Josué (Wolfsburg), Júlio Baptista (Roma), Kléberson (Flamengo)

Atacantes

Robinho (Santos), Luis Fabiano (Sevilla), Nilmar (Villarreal), Grafite (Wolfsburg)

Pra mim, as grandes ausências da convocação do Dunga são Ronaldinho Gaúcho (Milan), Neymar (Santos) e principalmente a dupla avícola Ganso (Santos) e Pato (Milan). E entre os convocados, os que menos entendo são Doni, Josué, Michel Bastos, Kléberson, Felipe Melo e Gilberto.

A arte da defesa

O Barça é o time espetacular dos craques espetaculares. E uma derrota não é capaz de apagar isto.

A Inter não embasa seu jogo no espetáculo, não precisa de aplausos para se satisfazer, basta vencer. E isto não a diminui.

Defender também uma arte. Uma difícil arte.

Um time para ser campeão não precisa ser Barcelona. Até porque – sem Messi, Xavi, Iniesta e companhia –  fazer o que os catalães fazem é utopia.

A Inter fez o que pôde. E o fez com primazia.

Com um jogador a menos e dois gols de vantagem, o que fazer no Camp Nou contra uma Barça de sonhos? Mourinho pensou que a melhor – e talvez a única possível – estratégia seria defender. Com unhas, dentes e coração.

Assim foi a Inter e a proposta de jogo italiana surtiu resultado. O Barça dominou toda a partida, teve 76% de posse de bola, mas pouco ultrapassou o ferrolho interista. Tanto que dos 15 chutes do Barça, apenas 4 foram ao gol de Júlio César.

Defendo até o último dia o estilo vistoso do Barcelona. É este o futebol que eu gosto de ver, o que me dá prazer. Mas entendo que defender faz parte do jogo e não é tarefa nada fácil, ainda mais quando do outro lado estão Messi, Xavi e Ibrahimovic.

Por isto aplaudo a disciplina e a aplicação tática da Inter. A forma como o time italiano se defendeu foi impressionante e digna de elogios. E a classificação foi mais que merecida.

Mesmo assim, pra mim, o Barça segue sendo o melhor time do mundo. E o melhor jogador? Claro que nada mudou, Messi!

Imagens: Corriere della Sera

Boa convocação!

Dunga convocou nesta terça, dia 27 de outubro, a seleção brasileira que enfrentará Inglaterra e Omã em amistosos nos dias 14 e 18 de novembro respectivamente.

O duelo contra o English Team acontece em Doha no Catar. Já a partida contra Omã será realizada na casa dos adversários da península arábica, na capital Mascate.

Sem poder contar com jogadores que atuam no futebol brasileiro, Dunga convocou 4 surpresas para os jogos na Ásia. O lateral Fábio Aurélio (Liverpool), os meias Carlos Eduardo (Hoffenheim) e Michel Bastos (Lyon) – este último se for utilizado deverá jogar na lateral esquerda, sua posição de origem – e o atacante Hulk do Porto.

Das novidades, acho que Fábio Aurélio há muito já fazia por merecer esta chance e a convocação do Michel Bastos também é muito válida, ele começou a temporada muito bem no Lyon, é um jogador rápido, versátil e moderno. Já Carlos Eduardo e Hulk eu não convocaria. O primeiro é um bom jogador, mas em sua posição temos nomes melhores, Diego da Juventus por exemplo. Já o Hulk vale pelo nome! É um jogador muito forte e tal, mas pra mim não tem bola pra jogar na seleção. No último campeonato português ele marcou 8 gols, na edição deste ano fez 1 e na Champions da atual temporada marcou outros 2; números bem modestos pra um centroavante de referência. Eu preferia ver o Grafite do Wolfsburg ou o Alexandre Pato do Milan.

Mas enfim, em seu todo a convocação é coerente e, de uma forma geral, podemos dizer que é boa.

Abaixo, a lista dos 24 convocados:

Goleiros

Júlio César (Inter de Milão)
Doni (Roma)

Zagueiros

Juan (Roma)
Lúcio (Inter de Milão)
Luisão (Benfica)
Naldo (Werder Bremen)

Laterais

Maicon (Inter de Milão)
Daniel Alves (Barcelona)
Fábio Aurélio (Liverpool)
Michel Bastos (Lyon)

Meio-campistas

Gilberto Silva (Panathinaikos)
Felipe Mello (Juventus)
Josué (Wolfsburg)
Lucas (Liverpool)
Alex (Spartak Moscou)
Ramires (Benfica)
Elano (Galatasaray)
Kaká (Real Madrid)
Júlio Baptista (Roma)
Carlos Eduardo (Hoffenheim)

Atacantes

Luís Fabiano (Sevilla)
Robinho (Manchester City)
Nilmar (Villarreal)
Hulk (Porto)

Zangado_colunista_do_Ópio

 

Zangado é um dos 7 anões da Branca de Neve e mesmo do Reino da Fantasia é o colunista especial do Ópio do Povo para assuntos da seleção brasileira.

Imagem: Grumy Git