Ele é o cara!

Dos últimos 6 campeonatos brasileiros, Muricy venceu 4.

2006, 2007 e 2008 com o São Paulo. 2010 com o Fluminense.

É muito, mas poderia ser ainda mais.

Em 2005 Muricy foi vice com o Inter. Perdeu o título pro Corinthians, beneficiado pela anulação de 11 partidas no escândalo que ficou conhecido como Máfia do Apito. O Timão terminou o campeonato daquele ano 3 pontos à frente do Colorado e se os 11 jogos não tivessem sido anulados e refeitos, daria Inter, um ponto à frente.

Além disto, não dá pra esquecer a lambança do senhor Márcio Rezende de Freitas na partida Corinthians X Inter, no Pacaembu. Fábio Costa deu uma voadora em Tinga e ao invés de marcar pênalti, o árbitro mineiro anotou simulação do meia colorado que tomou o segundo amarelo e acabou expulso. A vitória do Inter daria a liderança ao time gaúcho faltando apenas uma rodada.

No ano passado o Palmeiras de Muricy liderou boa parte do Brasileiro e poderia ter faturado mais uma taça. Mas a bagunça palestrina preponderou e o Verdão foi só o 5º colocado.

Mas pra sairmos do se e voltarmos à realidade, só mais um dado. São 8 anos de Campeonato Brasileiro com pontos corridos. Muricy venceu 4, a metade.

Ele é ou não é o cara?

Imagem: Extra
Anúncios

Eu preferia o Zico…

A novela chegou ao fim e Mano Menezes foi anunciado como o novo técnico da Seleção Brasileira de futebol.

A primeira opção da CBF foi Muricy Ramalho que disse não. A desculpa oficial foi que o Fluminense não liberou, mas há quem diga que o treinador mais vitorioso nos últimos anos em território tupiniquim não botou fé no famoso projeto da alta cúpula do futebol brasileiro.

Depois, o convite foi feito a Mano Menezes. Que aceitou. E hoje, 26 de julho, ele faz sua primeira convocação.

Após a Era Dunga, não há como falar nada contra Mano. Primeiramente, Mano é treinador de futebol, coisa que Dunga não era. Sem falar nas outras questões que permeiam o trabalho de um técnico de futebol, aspectos nos quais o novo gaúcho está anos luz à frente do antigo.

Eu não queria ver nem Mano nem Muricy na seleção. Admiro o trabalho dos dois e, pessoalmente, gosto muito do ex treinador do São Paulo, um cara que é sinônimo de ética no corrompido mundo da bola.

Mas em meio à minha incansável utopia, eu queria ver mesmo o Zico na seleção. O cara tem experiência de Copa do Mundo – treinou o Japão em 2006 – e fez bons trabalho na Europa, principalmente no Fenerbahçe, onde conseguiu chegar às quartas de final da Champions League.

Zico já passou pela administração Ricardo Teixeira. Fez parte da comissão técnica que foi à França, na Copa de 98. E pelo visto, já sabendo como a banda toca, não voltará a trabalhar com o monarca do futebol brasileiro.

Conta gotas 5

Deja Vu

conta gotas opio laudanoNo Brasileirão de 2008 o Grêmio de Celso Roth ia de vento em popa até enfrentar em casa o Goiás de Hélio dos Anjos. A derrota para o esmeraldino foi uma espécie de divisor de águas que fez o tricolor gaúcho terminar com o vice campeonato, atrás do São Paulo de Muricy Ramalho. Ontem no Mineirão a primeira parte da história foi a mesma. Galo líder, estádio lotado. E mais uma vez vitória do Goiás do contestado Hélio dos Anjos. Resta ver se o alvinegro mineiro se recupera da derrota e consegue se manter a frente do Palmeiras de Muricy Ramalho.

Centenário desesperado

conta gotas opio laudanoSport e Náutico completaram 100 anos de clássico com um jogo eletrizante. 3 X 3 na Ilha do Retiro pra celebrar o centenário e preocupar torcedores do Leão e do Timbu. Apesar de ter sido um jogaço, o resultado foi ruim pras duas equipes que seguem na zona do rebaixamento. E pelos possíveis reforços, só veteranos, a coisa deve continuar complicada para os times de Recife. O Náutico flerta com Ramón Menezes que no último brasileirão jogou pelo Vitória. Já o Sport pretende anunciar nos próximos dias o centroavante Marcelo Ramos que está no Ipatinga.

Obina, Obina, Obina

conta gotas opio laudanoDe uma lado Ronaldo Fenômeno que dispensa comentários. Do outro Diego Souza em exuberante fase. Mas quem foi a Presidente Prudente assistir Corinthians X Palmeiras viu um verdadeiro show de Obina. O baiano fez 3 gols e decidiu o clássico paulista a favor do Verdão. Muricy, das tribunas, viu e gostou. E deve ter pensado que se Obina não é melhor que Eto’o, pelo menos pode ser muito útil ao Palmeiras.

Tsunami

conta gotas opio laudanoO Avaí não tomou conhecimento do Atlético Paranaense, em plena Arena da Baixada meteu 3 X 1 e segue firme em sua recuperação no campeonato. 4 rodadas atrás o time dirigido por Silas era o lanterna com apenas 7 pontos e todos decretavam que não teria jeito, rebaixamento na certa. Eis que o Avaí venceu as últimas 4 partidas, 3 delas fora de casa, e já é o décimo colocado na tabela com 19 pontos.

Futebol é só negócio?

conta gotas opio laudanoO vice presidente do Corinthians, Mário Gobbi, afirmou sistematicamente em entrevista coletiva no meio da semana que futebol é pura e simplesmente um negócio. As afirmações foram uma forma de justificar o desmanche que vem sofrendo o Timão. Só nesta semana André Santos, Cristian e Douglas já deixaram o clube do Parque São Jorge. Além de hipócrita, as declarações do Gobbi são burras e contraditórias. Se o futebol é só um negócio, como explicar a Fiel?

Sem intermediários

Você quer namorar uma moça? Então fale com ela, não com o irmão…

paulo_vinicius_coelhoExcelente analogia do PVC no Bate Bola primeira edição da ESPN Brasil explicando o porquê da demora do acerto entre Palmeiras e Muricy Ramalho.

Segundo se comenta, nas primeiras tratativas o negócio havia sido atravancado por Márcio Rivelino, representante do técnico tri campeão brasileiro.

O certo é que quando o presidente palmeirense Luiz Gonzaga Beluzzo e Muricy Ramalho se encontraram pessoalmente, o acerto saiu.

Imagem: Telesporte

Um estranho no ninho

muricy_ramalho-isso_aqui_é_trabalho_meu_filho

Após a derrota para o Cruzeiro e a eliminação na Libertadores, a diretoria do São Paulo resolveu demitir Muricy Ramalho. As poucas e abastadas vozes das numeradas do Morumbi pesaram mais que os gritos da arquibancada, do povão tricolor que que seguia ao lado do treinador.

Pra seu lugar escolheram Ricardo Gomes, técnico de finos tratos e poucos resultados.

Muricy não. É homem simples que não gosta de badalações. Não fala francês, não come caviar. Não bajula a cartolagem, assim como não frequenta o Terraço do Club Athletico Paulistano.

Muricy é homem do campo, do campo de futebol. Gosta de trabalhar e ficar com a família. Fala fácil e, o que é pior na visão do alto clero tricolor, fala o que pensa.

Abnegado e incansável, Muricy é o cara que pára o carro na estrada rumo a Ibiúna só pra ver a cobrança de falta de um jogo na várzea. Treinador 24 horas por dia, sete dias por semana.

Se Muricy é bronco demais, é simples demais para o São Paulo, quem mais perde é o tricolor. Perde o treinador que foi eleito o melhor do brasileirão em suas últimas 4 edições, o técnico campeão nacional nos últimos 3 anos.

Mas a perda é mais ampla, é do futebol, da sociedade brasileira como um todo. Exagero???

Não se pensarmos que o Brasil é o país do jeitinho e que Muricy é uma das poucas figuras públicas que defende o valor do trabalho, do mérito.

Pra ele ganha quem é bom, mas como bons são muitos, ganha quem é bom e se dedica. Não basta ter talento, tem que ralar. É a meritocracia muricyana, tão diferente da realidade do futebol e do mundo de hoje.

Muricy vai fazer falta a todos que pensam que o trabalho é que deve ser recompensado, a todos que acreditam que vitória boa é a vitória justa, que ganhar roubado não é mais gostoso.

Muricy Ramalho não é um exemplo pro futebol, é um exemplo pra todos.

Que descanse, mas que volte logo à cena!

Foto retirada: Jornalismo Futebol Clube
Efeitos: Picnik
Arte: Ópio do Povo

E agora, quem segura o Tricolor?

Muricy avisou, deixaram o São Paulo chegar…

O Tricolor assumiu a liderança a 5 jogos do fim do campeonato.

E ontem, no Canindé, mostrou que chegou pra ficar.

E agora, quem pode segurar o São Paulo?

Quem vai levar?

O Brasileirão 2008 chegou em sua reta final.

Faltando 10 rodadas ninguém se desgarrou ainda e a pergunta que fica é:

QUEM VAI LEVAR O BRASILEIRÃO?

O Ópio do Povo analisa as chances de cada um e dá o seu pitaco nesta briga:

Continue lendo