Ele é o cara!

Dos últimos 6 campeonatos brasileiros, Muricy venceu 4.

2006, 2007 e 2008 com o São Paulo. 2010 com o Fluminense.

É muito, mas poderia ser ainda mais.

Em 2005 Muricy foi vice com o Inter. Perdeu o título pro Corinthians, beneficiado pela anulação de 11 partidas no escândalo que ficou conhecido como Máfia do Apito. O Timão terminou o campeonato daquele ano 3 pontos à frente do Colorado e se os 11 jogos não tivessem sido anulados e refeitos, daria Inter, um ponto à frente.

Além disto, não dá pra esquecer a lambança do senhor Márcio Rezende de Freitas na partida Corinthians X Inter, no Pacaembu. Fábio Costa deu uma voadora em Tinga e ao invés de marcar pênalti, o árbitro mineiro anotou simulação do meia colorado que tomou o segundo amarelo e acabou expulso. A vitória do Inter daria a liderança ao time gaúcho faltando apenas uma rodada.

No ano passado o Palmeiras de Muricy liderou boa parte do Brasileiro e poderia ter faturado mais uma taça. Mas a bagunça palestrina preponderou e o Verdão foi só o 5º colocado.

Mas pra sairmos do se e voltarmos à realidade, só mais um dado. São 8 anos de Campeonato Brasileiro com pontos corridos. Muricy venceu 4, a metade.

Ele é ou não é o cara?

Imagem: Extra
Anúncios

Sem desculpas

Não me venham dizer que isso é coisa do jogo. A falta é do jogo, a briga é do jogo, racismo e cusparadas não.

Não me venham dizer que ele foi agredido, pois para isto existe a outra face. E se o revide é inevitável, como manda o ensinamento da vó, é dado na mesma moeda.

Não me venham dizer que o futebol é um mundo à parte. Não é. O futebol faz parte da nossa sociedade, está inserido em nossa cultura, nada de à parte.

Sem desculpas para Danilo.

Se o zagueiro palmeirense – antes de cuspir e ofender – foi agredido por Manoel, esta é outra história que deveria ter sido cuidada pelo árbitro da partida e se não foi, que fique por conta do STJD.

o que fez Danilo é caso de polícia, de algema. O crime de racismo está previsto no código penal brasileiro

1) Constituição Federal de 1988:
“Art. 5.º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes: (…)
XLII – a prática do racismo constitui crime inafiançável e imprescritível, sujeito à pena de reclusão, nos termos da lei;”

2) Código Penal, artigo 140:
“Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro:
§ 3º Se a injúria consiste na utilização de elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem:
Pena: reclusão de um a três anos e multa.”(inserido pela Lei nº 9.459, de 13 de maio de 1997).”

Infelizmente, na esfera criminal a coisa já foi aliviada e como quase sempre acontece Danilo deve responder a processo por Injúria Racial, crime mais brando que o de Racismo que é inafiançavel e imprescritível.

Já a justiça esportiva deve ser mais dura com o valentão alvi verde. Pode pegar 22 jogos de suspensão, sem falar na multa que pode chegar aos 100 mil reais. É pouco pelo que ele fez.

E antes que me chamem de xiita, radical ou qualquer outra coisa, reafirmo, é pouco.

Danilo desceu ao patamar mais baixo a que um homem pode chegar. Humilhou, desumanizou um companheiro de profissão e, pior, um garoto que ele viu subir da base do Furacão.

Danilo não cuspiu em Manoel, cuspiu em todos nós.

Ao chamar Manoel de macaco não ofendeu apenas o jovem e promissor zagueiro do Atlético Paranense, mas toda sociedade que ainda é obrigada a conviver com este tipo de coisa.

Porque o racismo não é um problema dos negros, é um problema de todos.

Por isto, sem desculpas para Danilo.

Imagem: Um tiro no escuro

Seleção Brasileirão 09

Com atraso, mas ainda em tempo, aí vai minha seleção do campeonato brasileiro de 2009. Os jogadores aparecem nas posições onde jogaram a maior parte do campeonato, exceção feita à lateral direita.

Em virtude da falta de bons nomes para esta posição, na lateral direita do 1º time aparece o volante Willians do Flamengo que em boa parte do campeonato atuou fazendo o lado direito do meio de campo rubro negro. Então foi só recuá-lo um pouquinho pra fazer a lateral, função na qual ele já havia jogado no Santo André.

Sem mais delongas, aí vai a minha seleção do Brasileirão 09, 1º e 2º times.

1º Time (4-1-3-2)
2º Time (4-1-3-2)

Imagem do Estrelão: Submarino

Conta gotas 6

Vovôs gagás

conta gotas opio laudanoBotafogo e Fluminense fizeram – seguramente – um dos piores jogos da história deste confronto popularmente conhecido como clássico Vôvô. Zero a zero como não poderia deixar de ser e como sugeria a colocação dos dois na tabela. O tricolor é o lanterna da competição com 18 pontos e o alvinegro é 0 18º com 24, um a menos que o Náutico, primeira equipe fora da zona do rebaixamento. Parece que os vovôs estão gagás e pelo visto morrerão abraçados neste brasileirão.

Sai uruca

conta gotas opio laudanoDesde que o campeonato brasileiro começou o Grêmio vinha seguindo a regularidade de sucessos no Olímpico e fracassos em viagem. E eu sempre dizia, uma hora a coisa muda, ou o tricolor gaúcho começa a perder em casa ou começa a vencer fora. Eis que esta semana o Grêmio tropeçou no Olímpico ao empatar com o Vitória e tirou a urucubaca das partidas como visitante ao vencer o Náutico nos Aflitos. Eu acho que agora engrena e se junta ao Galo, Inter, Goiás e Corinthians na briga pelo 3º lugar.

Baila comigo

conta gotas opio laudanoA partida entre os Atléticos no Mineirão não foi dos melhores jogos deste brasileirão. Muito truncado, muito parado. Mas algumas coisas se salvaram no encontro. O gol do Tardelli – que jogou mal à beça – foi uma obra prima. Um lançamento primoroso do volante Correa e uma finalização raivosa e precisa – de primeira – do atacante alvinegro. Outro que se salvou na partida foi o meia do furacão Paulo Baier. Mesmo à beira dos 35 anos, Baier tem demonstrado muito fôlego e uma classe invejável. Ontem quase fez dois gols olímpicos, a torcida do Galo se calava quando o camisa 10 dos paranaenses pegava na bola. Mas meu destaque vai pra desengonçada dança do Rentería. O colombiano marcou seu primeiro gol com a camisa alvinegra e esbanjou suingue e irreverência na comemoração.

Quando tem que ir não vai

conta gotas opio laudanoEsta semana mesmo conversava com o Felipeta sobre o Inter. Quando tem que ir, não tem jeito, não vai. Durante toda a temporada – com exceção ao campeonato gaúcho – esta foi a tônica do Colorado. Na hora H o time some. Os melhores jogadors desaparecem, o Guiñazu – sempre tão competente – faz um pênalti bobo como o de ontem em cima do Thiago Ribeiro. Eu não acredito mesmo no Inter campeão brasileiro. Pra mim briga, no máximo, por um 3º lugar. E com dificuldades. Já sobre o Cruzeiro, foi uma excelente vitória no Beira Rio. daquelas que dão força para um time. Mas acho que a raposa acordou tarde demais pro campeonato e deve ficar aí onde está, nem lá nem cá, na famosa zona do Limbo. Não cai e não briga por nada.

Bota dendê

conta gotas opio laudanoO Palmeiras foi a Salvador e perdeu para o Vitória por 3 X 2 no Barradão. São Marcos falhou em 2 gols e uma coisa ficou nítida, o Verdão precisa de mais bola. O time tá muito duro, muito certinho. E quando não tem Diego Souza sofre, mas sofre muito. Mesmo perdendo o Palmeiras se manteve na liderança graças à vitória do Cruzeiro sobre o Inter. Mas agora verdão tem em seu encalço – além do Colorado – a sombra do São Paulo, atual tri campeão brasileiro, que venceu e está a apenas um ponto da liderança.

Alguém duvida?

conta gotas opio laudanoO São Paulo bateu o Avaí no Morumbi por 2 X 0 e chegou aos 43 pontos. Com as derrotas de Inter e Palmeiras o Tricolor está a apenas um ponto do topo da tabela. Depois de um início pra lá de oscilante, o São Paulo entrou definitivamente na briga pelo título. Rogério Ceni já voltou, Jorge Wágner, Miranda e André Dias voltaram a jogar bem. Renato Silva nestes poucos meses já fez mais que em toda sua passagem pelo Botafogo e Dagoberto e Richarlyson estão jogando muito, mas demais mesmo. E aí, alguém duvida que o São Paulo tá na briga pra ser campeão?

Imagem: Josias de Souza – Nos bastidores do poder

O filho do seu Iomar

thiago_alcantara barcelona-cropIbrahimovic estreou com a camisa do Barça no Troféu Joan Gamper, contra o badalado e endinheirado Manchester City. Ibra não fez gol e o Barcelona saiu de campo derrotado por 1 X 0, gol do búlgaro Martin Petrov.

Apesar da derrota, o Barça dominou toda a partida e a dupla Messi-Ibra deu algumas pequenas amostras do que poderá fazer nesta temporada.

Quem deixou ótima impressão pra torcida azul grená e para o técnico Pep Guardiola foi o jovem meia Thiago Alcântara. O garoto de apenas 18 anos atuou como gente grande, com ótima visão e distribuição de jogo, bem ao estilo de seu pai.

Thiago Alcântara é filho de Iomar do Nascimento. Ainda não sabe quem é o pai da criança?

mazinho-seleçao_brasileiraO Mazinho, campeão da Copa de 94 com o Brasil. Pros mais novos, Mazinho surgiu no Santa Cruz e alcançou grande destaque na lateral do Vasco, onde foi campeão brasileiro em 1989.

Também jogou na Fiorentina, Valencia e Celta de Vigo entre outros, mas pra mim seu auge foi no Palmeiras nos primeiros anos de Parmalat. Lá ele foi bi campeão brasileiro em 93 e 94.

E foi no Verdão que Mazinho descobriu-se um excelente volante, fazendo uma inesquecível dupla na cabeça de área palestrina com César Sampaio.

Hoje Mazinho dirige o Aris Tessalônica da Grécia, ao lado do ex volante hispano brasileiro Donato, que fez nome jogando no Deportivo La Coruña.

Voltando a seu filho, Thiago, o menino mostra qualidades de jogo muito parecidas ao pai quando jogava pelo meio, porém com mais agressividade, mais pra meia que pra volante.

Thiago nasceu na Itália, na época em que Mazinho defendia o Lecce. Antes de jogar pelo Barça passou pela base do Flamengo e pelo Ureca, um pequeno clube da Galícia.

E antes que os cartolas brasileiros cresçam o olho, Thiago já tem nacionalidade espanhola e desde as categorias de base defende a Fúria, seleção pela qual sagrou-se campeão europeu Sub 17 em 2008.

thiago_alcantara-furia-seleção_espanhola

Imagens: Barça Transfer Zone e Sporting Heroes

E o campeão, voltou?

sao_paulo voltouHá algumas rodadas que a torcida do São Paulo vem entoando o cântico ÔÔÔ, o campeão voltou!

E parece que ele está de volta mesmo.

Depois de 7 jogos de invencibilidade (6V 1E), sendo 5 vitórias consecutivas, fica difícil ignorar o tricolor. A última derrota aconteceu na 11ª rodada, 2 X 0 pro Galo no Mineirão.

E não é só resultado. O futebol do tricolor do Morumbi está visivelmente melhor, mais vistoso.

Hernanes voltou a jogar bem, ainda longe daquele jogador imprevisível e decisivo da temporada passada, mas tem jogado bem nas últimas rodadas.

Dagoberto fez as pazes com o gol, Jorge Wágner com a bola. O baiano voltou a ser amigo da gorduchinha, a ficar junto dela, como nos tempos de Bahia. Parou de cruzar a todo instante e agora busca o jogo, o passe.

Miranda parece ter recuperado a boa fase, firme e clássico, pra mim o melhor zagueiro brasileiro ao lado de Juan da Roma. E Rogério Ceni deve voltar nas próximas rodadas, o que dá um toque diferente ao tricolor.

Mas a mudança que mais tem me impressionado foi a de Richarlysson. O eclético e perseguido jogador voltou a sua melhor fase, driblando, chutando de fora da área e marcando muito. Correndo pra ele, pra arquibancada que insiste em não apoiá-lo e pra todo time.

Ainda não é aquele Richarlysson do Brasileirão 2007, mas sua importância na recuperação são paulina é indiscutível.

Palmeiras, Galo, Inter e Goiás que se cuidem, pois parece que o campeão voltou…

Imagem: Blog do Tio Ted

Conheça a Sociedade Futeboleira do Brasil, a rede social do futebol!

Conta gotas 5

Deja Vu

conta gotas opio laudanoNo Brasileirão de 2008 o Grêmio de Celso Roth ia de vento em popa até enfrentar em casa o Goiás de Hélio dos Anjos. A derrota para o esmeraldino foi uma espécie de divisor de águas que fez o tricolor gaúcho terminar com o vice campeonato, atrás do São Paulo de Muricy Ramalho. Ontem no Mineirão a primeira parte da história foi a mesma. Galo líder, estádio lotado. E mais uma vez vitória do Goiás do contestado Hélio dos Anjos. Resta ver se o alvinegro mineiro se recupera da derrota e consegue se manter a frente do Palmeiras de Muricy Ramalho.

Centenário desesperado

conta gotas opio laudanoSport e Náutico completaram 100 anos de clássico com um jogo eletrizante. 3 X 3 na Ilha do Retiro pra celebrar o centenário e preocupar torcedores do Leão e do Timbu. Apesar de ter sido um jogaço, o resultado foi ruim pras duas equipes que seguem na zona do rebaixamento. E pelos possíveis reforços, só veteranos, a coisa deve continuar complicada para os times de Recife. O Náutico flerta com Ramón Menezes que no último brasileirão jogou pelo Vitória. Já o Sport pretende anunciar nos próximos dias o centroavante Marcelo Ramos que está no Ipatinga.

Obina, Obina, Obina

conta gotas opio laudanoDe uma lado Ronaldo Fenômeno que dispensa comentários. Do outro Diego Souza em exuberante fase. Mas quem foi a Presidente Prudente assistir Corinthians X Palmeiras viu um verdadeiro show de Obina. O baiano fez 3 gols e decidiu o clássico paulista a favor do Verdão. Muricy, das tribunas, viu e gostou. E deve ter pensado que se Obina não é melhor que Eto’o, pelo menos pode ser muito útil ao Palmeiras.

Tsunami

conta gotas opio laudanoO Avaí não tomou conhecimento do Atlético Paranaense, em plena Arena da Baixada meteu 3 X 1 e segue firme em sua recuperação no campeonato. 4 rodadas atrás o time dirigido por Silas era o lanterna com apenas 7 pontos e todos decretavam que não teria jeito, rebaixamento na certa. Eis que o Avaí venceu as últimas 4 partidas, 3 delas fora de casa, e já é o décimo colocado na tabela com 19 pontos.

Futebol é só negócio?

conta gotas opio laudanoO vice presidente do Corinthians, Mário Gobbi, afirmou sistematicamente em entrevista coletiva no meio da semana que futebol é pura e simplesmente um negócio. As afirmações foram uma forma de justificar o desmanche que vem sofrendo o Timão. Só nesta semana André Santos, Cristian e Douglas já deixaram o clube do Parque São Jorge. Além de hipócrita, as declarações do Gobbi são burras e contraditórias. Se o futebol é só um negócio, como explicar a Fiel?