Olimpíada, bananas e o Meio de Campo

banana-e-macacoEsta semana muita gente me escreveu cobrando meu posicionamento em relação aos Jogos Olímpicos de 2016, evento que será sediado pelo Rio de Janeiro.

Bom, sinceramente não estou com a menor vontade de escrever sobre o assunto e não o farei. Sou completamente contra a realização da Olimpíada aqui, assim como não apoio a Copa de 2014.

Nada contra o Rio, cidade que levo em meu coração e que visito pelo menos 3 vezes ao ano, por trabalho ou por prazer. E nada contra meu país também. Mas não posso coadunar com a massa feliz que apoia a bandidagem responsável por tais eventos.

Colocar bilhões de dólares nas mãos de Eduardo Paes, Nuzman, Ricardo Teixeira, Chiquinho da Mangueira e companhia é como pedir pra raposa tomar conta do glinheiro ou pra um macaco cuidar da plantação de bananas… simplesmente não dá.

Mas já que falei de bananas e Jogos Olímpicos, aproveito para indicar aqui uma excelente leitura sobre o tema. O texto Olímpiadas no país das bananas, do jornalista e amigo João Paulo Ribeiro.

Pontual e ácido, João Paulo discorre sobre o tema contrapondo as bananas, fruto e gesto, que convivem em nosso esporte.

Vale a pena conferir!

Imagem: Meio de Campo
Anúncios

Gafe Real

Pelé está no México, promovendo a Copa de 2014 que acontece no Brasil.

Em entrevista concedida à filial asteca da ESPN, Pelé falou de tudo um pouco…

E como quase sempre faz, falou bobagem.

Quando perguntado sobre as duas cidades que mais ameaçavam o Rio na diputa para sediar os Jogos Olímpicos de 2016, Pelé não titubeou e soltou:

Chicago e JAPÃO.

Justo em um ano tão festivo para os nipônicos no Brasil.

Confira o vídeo no ESPN 360.