Mesmo com pouco futebol, Inglaterra está nas oitavas

Foi só 1 X 0, gol de Jermain Defoe. E a Inglaterra chegou a correr riscos durante o jogo.

Mas o resultado magro valeu a classificação.

Rooney seguiu sem marcar e o time de Capello sem encantar.

Mas classificado, o time inglês não pode ser ignorado.

Com tantos bons jogadores e um técnico muito competente, a Inglaterra volta à briga pelo título.

Na próxima fase o English Team encara a Alemanha, naquele que, possivelmente, será o grande confronto das oitavas de final. Pelo menos o de mais história.

Imagem: The Guardian
Anúncios

Dois tetras em jogo no Rio

Flamengo e Botafogo se classificaram para a decisão da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca.

E agora dois tetras estão em jogo!

Pela primeira vez em sua história o Flamengo pode conquistar o carioca por 4 anos seguidos. O tri clássico já aconteceu em 5 oportunidades (1942, 1943, 1944 – 1953, 1954, 1955 – 1978, 1979, 1979 Especial – 1999, 2000, 2001 – 2007, 2008, 2009), mas o tetra nunca veio para o clube da Gávea.

O tetra no Rio de Janeiro só aconteceu uma vez, mas mesmo assim existe discórdia sobre o tema. O Fluminense foi campeão em 1906, 1907, 1908 e 1909, mas o título de 1907 foi parar na justiça e acabou divido com o Botafogo. É um tetra, mas manchado pela divisão de um dos troféus.

O outro tetra que está em jogo no Rio não é cercado de glórias e alerias, mas é inédito mesmo, sem discussão. O Botafogo pode ser o primeiro time carioca a ser vice campeão estadual por 4 anos seguidos. Isto nunca aconteceu, nem nos anos da Guanabara.

Em todas suas versões, o Campeonato Carioca de Futebol já teve 6 tri vices, Flamengo (1936 pela Liga Carioca de Futebol, 1937 pela Liga Carioca de Futebol, 1938), Botafogo (1945, 1946, 1947), Flamengo (1982, 1983, 1984), Flamengo (1987, 1988, 1989), Vasco (1999, 2000, 2001) e Botafogo (2007, 2008, 2009). Mas tetra vice seria mesmo inédito.

Pra mim, a chance do Botafogo de cortar sua macabra sequência de vice campeonatos e evitar o primeiro tetra rubro negro é vencer a Taça Rio no próximo domingo. Se o Flamengo vencer o segundo turno e levar a decisão para mais 2 jogos acredito que o Fogão não resita. Tecnicamente o time dirgido por Andrade é bem superior à equipe do Joel Santana e em 2 jogos esta superioridade tem mais chances de prevalecer.

Imagem: Justiça Desportiva

Conta gotas 6

Vovôs gagás

conta gotas opio laudanoBotafogo e Fluminense fizeram – seguramente – um dos piores jogos da história deste confronto popularmente conhecido como clássico Vôvô. Zero a zero como não poderia deixar de ser e como sugeria a colocação dos dois na tabela. O tricolor é o lanterna da competição com 18 pontos e o alvinegro é 0 18º com 24, um a menos que o Náutico, primeira equipe fora da zona do rebaixamento. Parece que os vovôs estão gagás e pelo visto morrerão abraçados neste brasileirão.

Sai uruca

conta gotas opio laudanoDesde que o campeonato brasileiro começou o Grêmio vinha seguindo a regularidade de sucessos no Olímpico e fracassos em viagem. E eu sempre dizia, uma hora a coisa muda, ou o tricolor gaúcho começa a perder em casa ou começa a vencer fora. Eis que esta semana o Grêmio tropeçou no Olímpico ao empatar com o Vitória e tirou a urucubaca das partidas como visitante ao vencer o Náutico nos Aflitos. Eu acho que agora engrena e se junta ao Galo, Inter, Goiás e Corinthians na briga pelo 3º lugar.

Baila comigo

conta gotas opio laudanoA partida entre os Atléticos no Mineirão não foi dos melhores jogos deste brasileirão. Muito truncado, muito parado. Mas algumas coisas se salvaram no encontro. O gol do Tardelli – que jogou mal à beça – foi uma obra prima. Um lançamento primoroso do volante Correa e uma finalização raivosa e precisa – de primeira – do atacante alvinegro. Outro que se salvou na partida foi o meia do furacão Paulo Baier. Mesmo à beira dos 35 anos, Baier tem demonstrado muito fôlego e uma classe invejável. Ontem quase fez dois gols olímpicos, a torcida do Galo se calava quando o camisa 10 dos paranaenses pegava na bola. Mas meu destaque vai pra desengonçada dança do Rentería. O colombiano marcou seu primeiro gol com a camisa alvinegra e esbanjou suingue e irreverência na comemoração.

Quando tem que ir não vai

conta gotas opio laudanoEsta semana mesmo conversava com o Felipeta sobre o Inter. Quando tem que ir, não tem jeito, não vai. Durante toda a temporada – com exceção ao campeonato gaúcho – esta foi a tônica do Colorado. Na hora H o time some. Os melhores jogadors desaparecem, o Guiñazu – sempre tão competente – faz um pênalti bobo como o de ontem em cima do Thiago Ribeiro. Eu não acredito mesmo no Inter campeão brasileiro. Pra mim briga, no máximo, por um 3º lugar. E com dificuldades. Já sobre o Cruzeiro, foi uma excelente vitória no Beira Rio. daquelas que dão força para um time. Mas acho que a raposa acordou tarde demais pro campeonato e deve ficar aí onde está, nem lá nem cá, na famosa zona do Limbo. Não cai e não briga por nada.

Bota dendê

conta gotas opio laudanoO Palmeiras foi a Salvador e perdeu para o Vitória por 3 X 2 no Barradão. São Marcos falhou em 2 gols e uma coisa ficou nítida, o Verdão precisa de mais bola. O time tá muito duro, muito certinho. E quando não tem Diego Souza sofre, mas sofre muito. Mesmo perdendo o Palmeiras se manteve na liderança graças à vitória do Cruzeiro sobre o Inter. Mas agora verdão tem em seu encalço – além do Colorado – a sombra do São Paulo, atual tri campeão brasileiro, que venceu e está a apenas um ponto da liderança.

Alguém duvida?

conta gotas opio laudanoO São Paulo bateu o Avaí no Morumbi por 2 X 0 e chegou aos 43 pontos. Com as derrotas de Inter e Palmeiras o Tricolor está a apenas um ponto do topo da tabela. Depois de um início pra lá de oscilante, o São Paulo entrou definitivamente na briga pelo título. Rogério Ceni já voltou, Jorge Wágner, Miranda e André Dias voltaram a jogar bem. Renato Silva nestes poucos meses já fez mais que em toda sua passagem pelo Botafogo e Dagoberto e Richarlyson estão jogando muito, mas demais mesmo. E aí, alguém duvida que o São Paulo tá na briga pra ser campeão?

Imagem: Josias de Souza – Nos bastidores do poder

Eu sou mais 82!

Ontem recebi este excelente vídeo do grande amigo Matheus Amzalak – que o outro grande amigo Fernandinho Carnaval carinhosamente apelidou de O Menino Maluquinho.

Foi impossível não comparar.

Dunga não perde a oportunidade de alfinetar a fantástica geração de 82, sempre lembrando que os pupilos do mestre Telê Santana nunca ganharam uma Copa do Mundo.

É verdade que eles não levaram o mundial da Espanha, aliás, esta turma de craques passou pela seleção sem levantar nenhuma taça oficial, nem mesmo uma Copa América.

São coisas da bola.

Mas nem por isto a geração de Zico, Sócrates, Éder Aleixo, Júnior, Falcão e Luisinho pode ser diminuída.

27 anos depois da fatídica derrota para a Itália do endiabrado Paolo Rossi, o Brasil e o mundo continuam a reverenciar este time que encantou a todos nos gramados da Espanha.

Já a seleção do Tetra – mesmo vitoriosa – não recebe um décimo das homenagens e piropos destinados ao time de 82.

Resumo da ópera: Os títulos entram para a história, mas a beleza do jogo fica guardada em nossos corações.

O futebol é disparadamente o esporte mais lúdico que já inventou nossa medíocre humanidade.

E por esta característica lúdica, quem ama futebol de verdade considera o ganhar como uma coisa quase secundária. Claro que é ótimo vencer. Mas bom mesmo é jogar, brincar, se divertir. Esta é a essência do jogo. Não a vitória a qualquer custo.

E como costuma dizer outro mestre – Fernando Calazans – se o Zico nunca venceu uma Copa do Mundo, azar das Copas!

Por estas e por outras é que eu sou mais 82!

Canal do Youtube: Sebfootball

Questão de feeling

Josep-Guardiola-feelingsSem ele não teríamos alcançado tudo que conquistamos na temporada passada. Não existem motivos futebolísticos, pessoais nem comportamentais. Simplesmente, é uma questão de feeling, é assim que eu sinto. Creio que temos que mudar algumas coisas. Talvez eu esteja errado, mas a responsabilidade é minha. Assim como a decisão.

Samuel_Etoo e filhoJosep Guardiola,  técnico do Barcelona,  ao explicar – em sua primeira coletiva da temporada – porque não pretende contar com o futebol de Samuel Eto’o, autor de um dos gols na final da Champions 08/09.

Segundo o treinador é tudo uma questão de feeling, simples assim.

Eu sinceramente não estava entendendo os motivos do Barça rifar o excelente centroavante camaronês.

Vale lembrar que Eto’o participou de 2 dos 3 títulos europeus da história do Barça, e fez gols nas finais das duas conquistas em que esteve presente. Um jogador de talento e muita história no clube.

Continuo sem entender muito bem, mas contra o argumento do feeling não há o que retrucar. Se Pepe Guardiola sente que é hora de mudar, quem sou eu pra questionar…

Imagem: Bojan Krkic e Football Pictures

No, we can’t

obama-yes-we-can-verde_amareloO Brasil sagrou-se campeão da Copa das Confederações após vencer na final o Estados Unidos por 3 X 2. E de virada!

Antes de mais nada parabéns a este grupo – incluindo aí a comissão técnica encabeçada por Dunga –  tão criticado e que mantém sua vitoriosa trajetória de bons resultados e futebol pra lá de duvidoso.

Congratulações à parte queria levantar dois pontos:

O primeiro é a exacerbada euforia da imprensa oficial, leia-se Globo e seu filhote Sportv. Assistindo alguns programas da rede de comunicação global parecia que havíamos ganhado uma Copa do Mundo e só eu não sabia que já estávamos em 2010.

Coloquemos os pingos nos is, a Copa das Confederações é um torneio secundário de nível técnico bastante discutível. Nesta edição por exemplo, tínhamos 3 seleções do primeiro escalão do futebol mundial – Brasil, Itália e Espanha. Duas equipes que podemos colocar aí num terceiro escalão da bola – Egito e Estados Unidos. E 3 seleções que, se jogasem nosso brasileirão, suariam para se manter na terceira divisãoIraque, África do Sul e Nova Zelândia.

Mas o que mais me chamou a atenção na vitória brasileira na final da Copa das Confederações não foi a grande virada, nem o magnífico gol do Luís Fabiano, nem mesmo o ufanismo piegas da nossa mídia oficial. Foi o galáctico Kaká evocando Barack Obama.

Segundo conta a lenda do título, no intervalo – quando o Brasil perdia por 2 X 0Kaká motivou o grupo utilizando-se do slogan da campanha eleitoral do atual presidente estadounidense, o famoso e reptido Yes we can.

Duro é saber que a seleção brasileira de futebol precise recorrer a discursos motivacionais para vencer o Estados Unidos. A vitória contra a seleção estadounidense deveria ser óbvia, mais que natural.

Por isto Kaká, Dunga e todos os defensores da ideologia do resultado,

não, nós não podemos ser assim!

A seleção brasileira merece mais que somente os 3 pontos no final da partida.

zangado_7_anoes grumpy_7_dwarfsZangado ainda vive com a Branca de Neve, é apaixonado e viciado por futebol.

Tanto que se tiver que escolher entre jogar bonito ou ganhar, não hesita em escolher a primeira opção.

Como conhece Dunga intimamente, fruto de anos de convivência, é nosso colunista especial para Seleção Brasileira.

Imagens: Diabolim e Grumy Git

Como deverá jogar o campeão

A Série A do Brasileirão chega à sua última rodada.

A disputa pelo título está restrita a 2 clubes: São Paulo e Grêmio

O Ópio do Povo estréia sua seção de táticas com os dois possíveis campeõs.

Veja como os 2 tricolores deverão entrar em campo hoje para conquistar o título.

estrelaospfc

estrelaogremio