Os Empates da Frustração

Ontem a torcida são paulina saiu frustrada do Morumbi.

77 mil pessoas no estádio, o rival ideal – já que o Fluminense havia sido o algoz do tricolor paulista na Libertadores -, a festa estava armada.

Mas não se concretizou.

Ansioso, o São Paulo só conseguiu um empate contra o tricolor das Laranjeiras. E o Flu poderia até ter vencido o jogo.

Com  o 1X1 a decisão fica pro próximo domingo no Bezerrão, contra o perigoso Goiás.

O Grêmio, por sua vez, bateu o Ipatinga no interior de Minas e segue vivo.

Já garantiu pelo menos o vice campeonato e na última rodada recebe o Galo no Olímpico, com um olho no Gama.

Se o São Paulo perder pro Goiás basta os gaúchos vencerem o Galo que o título fica em Porto Alegre.

Outro empate frustrante foi o da Portuguesa.

O 2X2 contra o Sport mandou a Lusa de volta pra segundona. 

Mas frustração mesmo aconteceu no Maracanã.

Com pouco mais de 30 minutos de jogo o Flamengo vencia o Goiás por 3X0.

O primeiro tempo acabou 3X2.

O jogo 3X3. E ollha que a opinião é quase unânime, se alguém tivesse que ganhar esse time seria o esmeraldino goiano.

Flamengo fora do G4 e frustração total da nação rubro-negra.

 

Última Rodada

Anúncios

Resultados e Classificação do Brasileirão 2008 – Série A

37ª Rodada

Classificação

Última Rodada

CBF premia o mau uso do dinheiro público

bezerraoelefantebrancoEm virtude da punição pelos incidentes no Serra Dourada, a CBF marcou o jogo Goiás X São Paulo – na última rodada do Brasileiro – para o Bezerrão, na cidade satélite do Gama.

Mais uma vez a CBF extrapola suas atribuições e com autoritarismo define o local de um jogo quando na verdade o mandante é quem deveria escolher onde quer jogar.

E assim o Elefantinho Branco da periferia – ou seria verde e branco? – é premiado provavelmente com o jogo das faixas do brasileirão.

Em uma hipótese mais entusiástica com o jogo do título, caso o São Paulo não garanta o Tri ainda esta semana.

O Bezerrinho que nasceu com cara e jeito de Elefante foi construído com cerca de R$ 50 milhões dos cofres do governo do Distrito Federal.

Coisa interessante é o aproveitamento do dinheiro público.

O orçamento inicial do Elefantinho previa um gasto de R$ 23 milhões para a construção de um estádio com 40 mil lugares.

Construíram um com 20 mil lugares e gastaram R$ 50 milhões

Ou seja, a metade da capacidade pelo dobro do preço. Que beleza Arruda!

Pior ainda é o uso político do pobre animal, digo estádio.

O governador José Roberto Arruda e todo seu séquito de puxa-sacos andam se gabando do Estádio, colocando-o como uma grande obra social para a perifeira de Brasília. MENTIRA!

Até porque o Bezerrão não foi entregue à comunidade da cidade satélite, mas à Sociedade Esportiva Gama, um clube quase sem torcida, recém rebaixado para a Série C.

Mas o pior de tudo são os números da cidade satélite do Gama.

Seus mais de 130 mil habitantes – sem contar a população vizinha que também se utiliza dos serviços da cidade – contam com apenas 1 Hospital, 4 Postos e 7 Centros de Saúde.

Todo sistema público de saúde oferece 408 leitos e algumas especialidades simples como geriatria só se encontram na rede particular.

Na Educação são 56 escolas públicas, sendo que apenas 4 para o ensino médio e somente 1 destinada ao ensino de crianças com necessidades especiais.

E 6,3 % das crianças de até 7 anos estão fora das escolas.

Desde 2004 não funciona a única biblioteca pública que era mantida pelo governo do Distrito Federal. Talvez por isso o índice de analfabetismo da cidade seja de 3,4%.

O lazer público na cidade satélite do Gama se resume a 1 teatro, 1 centro cultural e 3 parques. Mas botecos não faltam na região.

E claro, um belo estádio de futebol!

Pelo Título e Contra o Rótulo

celso roth gremioO Grêmio ainda luta pelo título do Brasileirão deste ano.

E tem chances, verdadeiras.

Já seu técnico tem uma briga particular.

Luta contra os Róthulos.

Celso Roth é um dos personagens mais rotulados e estereotipados do futebol brasileiro.

Retranqueiro, azarado, começa bem e acaba mal, são algumas das expressões que sempre figuram ao lado do nome de Roth.

A coisa é tão forte que na imprensa gaúcha especula-se a troca de comando no Grêmio mesmo se o título nacional vier.

O fato é que o tricolor gaúcho foi o time que ficou mais rodadas na liderança do brasileirão.

Tem a melhor defesa do campeonato e, indiscutivelmente, é um time muito bem arrumado, gostem ou não do estilo de jogo.

A campanha do Grêmio – de Celso Roth – é digna de campeão.

Se vai ser ou não já é outra história.

Mas o Ópio registra desde já suas palmas ao perseguido treinador.

Quem vai levar?

O Brasileirão 2008 chegou em sua reta final.

Faltando 10 rodadas ninguém se desgarrou ainda e a pergunta que fica é:

QUEM VAI LEVAR O BRASILEIRÃO?

O Ópio do Povo analisa as chances de cada um e dá o seu pitaco nesta briga:

Continue lendo