Vira casaca

carlos_tevez-manchester_cityAgora é de verdade, Carlitos Tevez foi para o Manchester City.

O argentino trocou as cores e a tradição do Manchester United – onde era idolatrado pela torcida, mesmo nunca tendo sido titular absoluto –  pelos petrodólares do rival emergente.

Quando o papo surgiu, confesso que pensei que era só mais um boato infundado dos tablóides ingleses. Ou talvez eu não quisesse acreditar.

Embora eu não seja propriamente um fã dos Diabos Vermelhos, simpatizo ainda menos com seu rival de cidade e agora será ainda mais difícil torcer por Carlitos, jogador que eu gosto tanto.

Mas na tarde desta segunda o anúncio oficial foi feito no sítio do City, Carlitos segue em Manchester,

mas agora veste azul.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

more about “Tevez v Manchester City“, posted with vodpod
Imagem: Manchester City
Anúncios

Cristiano Ronaldo com um pé no Real

cristiano-ronaldo-rumo-ao-real-madridDepois de pagar 65 milhões de euros por Keká, o Real Madrid está prestes a assinar com seu outro sonho de consumo, Cristiano Ronaldo.

O Manchester United publicou hoje cedo em seu sítio oficial que aceitou a proposta do clube espanhol pelo jogador português.

A nota do clube inglês é curta e grossa, explica que, diante da vontade do jogador de sair e da oferta recorde, 80 milhões de libras (cerca de 96 milhões de euros), não restava outra alternativa, há não ser liberar o jogador para negociar com os espanhóis.

O sim do Manchester permitiu ao Real Madrid abrir as negociações diretas com o jogador e seu agente. A expectativa é que a transferência seja concluída até o dia 30 de junho.

Caso o negócio se concretize, será a transferência mais cara da história do futebol, batendo os 71 milhões de euros que o Real pagou por Zinédine Zidane em 2001.

Dado interessante no blog do PVC, 5 das 10 maiores compras do futebol foram realizadas por Florentino Pérez que recentemente reassumiu a presidência do Real e já inicia o novo período galáctico dos merengues. E mais, as 4 maiores transferência são dele, o barão da especulação imobiliária de Madrid.

Imagem: Once upon a time…

Jogador de beicinho

beicinhoviradoThiago Neves está de volta ao Fluminense. O jogador foi apresentado ontem nas Laranjeiras e fica no tricolor até o dia 2 de julho, emprestado pelo Al-Hilal da Arábia Saudita.

Há cerca de 6 meses o meia-atacante foi vendido pelo Flu ao Hamburgo da Alemanha por 9,2 milhões de euros. Agora volta ao time carioca emprestado pelo Al-Hilal que pagou 7 milhões de euros pelos direitos do jogador.

Thiago chegou a Alemanha e pouco jogou, algo absolutamente normal no futebol alemão. Com uma escola de futebol bem definida e bem própria, jogadores latinos geralmente são recebidos com um certo grau de tolerância, paciência e, até mesmo, cuidado durante os primeiros meses de adaptação. Mas Thiago Neves não soube esperar, e logo fez beicinho.

Com o velho discurso do não sou aproveitado, não me querem aqui, o jogador começou a forçar a barra pra sair do Hamburgo. O time alemão rejeitou os mesmos 7 milhões oferecidos pelos sauditas, a diretoria ressaltou a confiança no meia e então o que ele fez?

Desapareceu dos treinamentos. Aí não restou outra saída ao Hamburgo se não vendê-lo ao Al-Hilal. Não bastasse a molecagem de sumir, Thiago Neves impôs uma condição ao negócio: ser emprestado a algum time brasileiro e assim ficar mais perto (devaneio do jogador) da seleção.

Os sauditas aceitaram e Thiago Neves já chegou ao Flu dizendo que tentará prorrogar o empréstimo até o fim do ano. Parece brincadeira, mas não é. E não surpreende vindo dele. O jogador teve uma saída conturbada do Figueirense e acabou assinando um contrato com o Palmeiras e outro com o Fluminense.  E mesmo a saída do tricolor, no meio do ano passado, foi um tanto quanto forçada pelo atleta.

Ponto alto da apresentação nas Laranjeiras ontem:

Não me sinto desvalorizado não. Sei que estou dando um passo pra trás agora pra dar dois pra frente depois.

Como prêmio pela infeliz declaração o meia-atacante recebeu um beijo do presidente Roberto Horcades, aquele mesmo que diz que as mulheres têm 2 neurônios. Será que o senhor Horcades não percebeu a gafe?

mimada pnMas ser birrento, mimado, não é privilégio de Thiago Neves. Jogadores bem menos e bem mais expressivosque ele também se utilizam da tática do beicinho quando anseiam por uma transferência.

Robinho é um deles. Lembro-me bem da novela que foi sua saída do Santos. Simplesmente parou de jogar, voltou, parou de novo. Pra sair do Real então, nem se fale. Ficou com aquele papo, aqui não gostam de mim, quero ir pro Chelsea, acabou no Manchester City.

Roni, que hoje atua no mesmo Santos, já defendeu 13 camisas em 14 anos como profissional. E onde vai arruma um problema.

O fenômeno Ronaldo também é exímio em fazer biquinho. Foi assim pra sair do Barça, pra sair da Inter, pra sair do Real.

Resta ver até quando o mercado do futebol – ainda milionário, mas cada dia menos – vai suportar as birras e pirraças dos boleiros. Se é que um dia vai deixar de passar a mão nestas cabecinhas mimadas.

Negócio da Ucrânia

kyivO Cruzeiro negociou o atacante Guilherme com o Dínamo de Kiev. 5 milhões de euros mais o também atacante Kléber, que jogou o último brasileirão pelo Palmeiras

Tecnicamente me recuso a compará-los, Guilherme é infinitamente superior na categoria, no trato na bola. O maranhense tem um poder de definição dentro da área muito acima da média e é decisivo como poucos. Pra se ter uma idéia Guilherme, nos clássicos contra o Galo, balançou as redes 6 vezes em 8 jogos, uma média de 0,75 gols por partida. Não tenho dúvida que Guilherme é muito mais jogador que Kléber.

Mas como comentava com amigos cruzeirenses, também não tenho dúvida de que o ex atacante palmeirense é um excelente jogador e que é muito, mas muito mais comprometido com a causa. Brigador e muito forte, Kléber incomoda incessantemente os zagueiros adversários. Não faz tantos gols como Guilherme, mas cria muitas situações para o time e ainda ajuda bastante na marcação.

Por isto o negócio, no plano esportivo, foi muito bom para o Cruzeiro. 

No âmbito econômico não foi o negócio das arábias, nem o da China, é verdade. Mas foi lá um negócio da Ucrânia. Antes que me chamem de louco temos que lembrar que dos 5 milhões de euros o Cruzeiro tem direito a 2,125 milhões, o equivalente a 42,5% dos direitos do atleta que era detentor de 15%. Os outros 42,5% eram de um grupo de investidores.

Com a transferência para o Zaragoza da Espanha, o Cruzeiro receberia 3,850 milhões de euros. Kléber será apresentado ainda esta semana e deve assinar contrato por 5 anos.