Capello, o onipresente

fabio_capello-inglaterra-english_teamHá algumas semanas a Globo – querendo pagar pouco, jejejejeej – lançou a campanha O Melhor Emprego do Mundo que selecionará um jornalista formando ou recém formado para o cargo de correspondente internacional dos seus canais à cabo.

Ser correspondente deve ser legal mesmo, mas o melhor emprego do mundo – da perspectiva de um viciado em futebol – é sem sombra de dúvidas o do senhor Fabio Capello.

Neste fim de semana o técnico da seleção inglesa esteve em 4 estádios diferentes acompanhando partidas da Premier League. E não foram joguinhos quaisquer.

No sábado Capello visitou o noroeste inglês. Foi a Bolton assistir a partida do time local contra o Tottenham. Jogo pra lá de emocionante que terminou empatado em 2 X 2.

Logo depois o técnico do English Team estava no Old Trafford vendo Manchester United X Sunderland. Com um golaço do búlgaro Berbatov e outro golzinho chorado do lateral Evra aos 47 do segundo tempo, os Red Devils garantiram o empate em 2 X 2 e mantiveram um tabu que já dura 41 anos. A última vitória do Sunderland contra o United em Manchester foi em 1968.

Mas se o sábado já havia sido bom, o que falar do domingo?

Primeiramente Capello teve a oportunidade de acompanhar a melhor partida do fim de semana, Arsenal 6 X 2 Blacburn Rovers no Emirates Stadium, com direito a show dos comandados de Arsène Wenger. O passeio dos Gunners foi 6 X 2, mas não é nenhum exagero dizer que poderia ter sido 10 x 4 ou 11 X 5. Detalhe, 8 gols marcados por 8 jogadores diferentes, eu nunca havia visto algo assim. Jogo histórico, inesquecível! E tenho quase certeza que o treinador da seleção inglesa se lamentou demais por Cesc Fabregas ser espanhol, que maturidade aos 22 anos, que grande craque!

Fabio Capello saiu do Emirates e se dirigiu ao Stamford Bridge para assistir o clássico Chelsea X Liverpool. Mais uma grande partida que terminou com a vitória da equipe londrina por 2 X 0 com gols dos franceses Anelka e Malouda. E excepcional apresentação do ebúrneo Didier Drogba.

Pra muita gente o fim de semana de Fabio Capello pode parecer um martírio, sábado e domingo trabalhando, viagens e tal. Mas pra mim, um viciado em futebol, este fim de semana mais parece um sonho. Não bastasse, hoje à tarde provavelmente ele estará em Birmingham pra mais uma partida que promete, Aston Villa X Manchester City que fecha a rodada da Premier League.

Da onipresença do Capello fica um ensinamento; técnico de seleção tem que viver em estádio. É só no campo que se vê um jogo em sua perfeição. O treinador anão da nossa seleção por exemplo, raramente é visto nos estádios do Brasil e da Europa. É por esta e por outras que o English Team é meu favorito pra levar a Copa de 2010.

Imagem: Estadão
Anúncios

Loucos por camisas

coleção-camisas-futebol

Eu sempre gostei de camisas de futebol, embora nunca tenha sido um fanático propriamente dito.

Na infância cheguei a começar uma pequena coleção por conta de duas camisas que me foram presenteadas; uma do FC Koln, o Colônia da Alemanha; e outra da seleção inglesa, do centroavante Gary Lineker. Mas acabou não indo pra frente.

Ainda hoje conservo o gosto pelas uniformes de futebol, sem fanatismo, sem pretensões. Tenho alguns xodós como as camisas dos 3 títulos europeus do Barça, 1992, 2006 e 2009; e aquela do Arsenal toda bordeaux. Mas curto mesmo as camisas mais toscas, mais bizarras. Do meu pequeno e estimado acervo as que tenho maior apreço são a do Maranguape do Ceará e a do Pirambu de Sergipe, patrocinada – em letras garrfais – pelo grupo de forró erótico Calcinha Preta.

Eu não sou fanático, mas esta semana conheci um blog de uns caras que são… completamente loucos por camisas de futebol!

loucos_por_camisas_de_futebol

Trata-se do Camisaria Futebol Clube. Conheci o blog através de um comentário no Ópio do André Fidusi, que é um dos editores do Camisaria. E pra minha surpresa dois companheiros de FM Lagoinha também assinam o blog, Fábio Pinel e Eduardo Macedo.

Em tempo: Ademg informa, substituição no Camisaria, sai Eduardo Macedo e entra Frederico Jota.

O Dudu, se minha memória não me trai, já era um aficcionado por camisas desde os tempos de rádio.

Mas o papo aqui é outro, é o Camisaria Futebol Clube. E o blog dos caras é bem bacana! Lá pode-se ver desde camisas retrôs, esquisitices como a do Bragantino de 1990 – verdadeira pérola – até uma série com as maravilhosas camisas da Premier League, as minhas favoritas. Tirando a tabela, tudo é lindo na Premier Legue, jejejej!

Bom, se você é um viciado em camisas de futebol não pode deixar de visitar o Camisaria Futebol Clube, vale a pena demais!

logo-camisaria_futebol_clube

Imagens: PinFotos